Cidadãos de vários países recebem cartas da Poloniex pedindo que deixem de operar com ela

O fundador dos projetos de blockchain MasterCash e Soundchain, Artem Abaev, em sua página do Facebook, informou que depois de iniciar o procedimento para fechar a conta através do serviço de suporte em conexão com as novas condições, ele recebeu uma carta da Poloniex.

Cidadãos de vários países recebem cartas da Poloniex pedindo que deixem de operar com ela. BTCSoul.com

Representantes da corretora de criptomoedas informaram que a Poloniex já não poderá prestar serviços à usuários de nacionalidade russa e muito menos operar em tal país e que ele deveria fechar todos os pedidos e retirar imediatamente fundos da plataforma de negociação.

Conforme relatamos anteriormente, a popular corretora de criptomoedas Poloniex atualizou as regras para o uso de seus serviços. Assim, de acordo com o parágrafo 1 das regras atualizadas, a corretora pode fornecer seus serviços aos residentes de países que não estão sujeitos às sanções do Departamento de Comércio dos EUA. Veja abaixo novas requisições para fazer cadastro na Poloniex:

“Você garante que você não:

(A) estão sob controle como cidadão ou residente do país ao qual os Estados Unidos impuseram um embargo comercial;

(B) definido como Nacional Especialmente Designado ou (c) na “lista de pessoas excluídas” elaborado pelo Departamento de Comércio dos EUA “, está especificado no parágrafo 1 das regras atualizadas”.

Assim, é provável que os usuários russos, e de várias outras nacionalidades, da corretora de criptomoedas baseada em Delaware logo sejam forçados a deixar a plataforma de negociação.