A Coinbase, principal empresa de Bitcoin, confirmou oficialmente planos para adicionar suporte ao protocolo Segregated Witness (SegWit).

A norte-americana Coinbase, maior corretora criptomonetária dos EUA, reduziu seu pessoal. A empresa liberou alguns representantes do serviço de suporte ao cliente, do departamento de conformidade legal e do departamento de detecção de fraudes. Isso foi relatado pelo Yahoo Finance.

A Coinbase confirmou a informação, mas se recusou a dar o número exato de pessoas demitidas (de acordo com fontes, foram 15 pessoas). No entanto, sabe-se que a maioria trabalhava remotamente. Agora, a plataforma pretende contratar funcionários exclusivamente para o trabalho de escritório, pois, na opinião da administração, isso aumentará a eficiência do trabalho desses departamentos.

A corretora acrescentou que o usuário comum aguarda uma resposta por e-mail para quatro horas, sendo que 90% das solicitações são fechadas com sucesso em 48 horas.