Coinbase suspende negociação em Litecoin e Ethereum; Bitfinex está sob o ataque DDOS

O CEO da Coinbase, Brian Armstrong, negou os rumores sobre a adição de várias novas moedas, incluindo o token Ripple.

Publicado em 12 de dezembro de 2017 por

A empresa Coinbase afirmou que estava suspendendo negociações em Litecoin e Ethereum durante o período de aumento do preço das criptomoedas: esta semana, ambas mostraram crescimentos sem precedentes, sendo que a capitalização do Litecoin atingiu US$10 bilhões com crescimento diário acima de 65% (a moeda digital cresceu mais de 4000% durante o ano). O Ethereum, que durante muito tempo foi uma das criptomoedas mais relativamente estáveis, também demonstrou um crescimento diário de 30%.

A declaração foi publicada no aplicativo para dispositivos móveis:

Publicidade

Publicidade

“A compra e venda de Litecoin e Ethereum estão temporariamente desabilitadas. Pedimos desculpas pela inconveniência.”

A mensagem refere-se à página de status da Coinbase, que indica uma “grande falha” nas redes Litecoin e Ethereum.

Ao que parece, esse problema não se estende à GDAX, a Exchange de criptomoedas da empresa, embora em sua página de status também esteja indicado que existe uma “recusa parcial” nas retiradas de Litecoin. Existe uma “deterioração do funcionamento” das negociações em Litecoin, enquanto o Ethereum está sendo negociado de forma rotineira.

Publicidade

Publicidade

 

De acordo com a CoinMarketCap, o volume diário de negociação em Litecoin na GDAX foi de mais de US$1,8 bilhão. Atualmente, a moeda é negociada em cerca de US$326 e o Ethereum, em torno de US$636.

Vale ressaltar que alguns dias atrás, o CEO e co-fundador da Coinbase, Brian Armstrong, em sua postagem no Medium, advertiu sobre possíveis paradas de negociações durante períodos de aumento de volumes:

“Apesar do aumento significativo e contínuo da nossa infraestrutura técnica e da expansão da equipe, queremos lembrar aos clientes que os serviços da Coinbase podem estar disponíveis com restrições ou não disponíveis durante períodos de alta volatilidade ou grandes volumes de negociação. Isso pode levar à incapacidade de comprar ou vender criptomoedas por determinados períodos de tempo.

Ao mesmo tempo, a Bitfinex informou no Twitter que está sob um forte ataque DDoS:

“Estamos sob um DDoS pesado. A API também não funciona. Estamos trabalhando para eliminar as consequências.”

Recentemente, a Bitfinex já relatou vários ataques DDoS e, portanto, apoiantes da conspiração na comunidade de criptomoedas estão levantando teorias sobre falhas “não acidentais” no funcionamento da Exchange.

No contexto do rápido crescimento do Litecoin, seu criador, Charlie Lee, recomendou que os iniciantes se abstivessem de comprar esta criptomoeda caso não estejam prontos para a chegada do mercado dos “ursos”.

Chrys

Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment