Cidadãos de Bangladesh agora podem enviar e receber Bitcoin Cash através do serviço CoinText. Isso foi relatado em um anúncio oficial feito pela empresa na segunda-feira.

O serviço torna possível o envio e recepção de criptomoedas através de um telefone com internet. As transações são enviadas via mensagens de texto, o que é uma vantagem em países em desenvolvimento, onde a penetração de smartphones ainda é baixa.

Bangladesh conta com uma economia em rápido crescimento e é considerado um dos maiores sucessos econômicos dos tempos recentes. Contudo, apenas 5,4 de seus 167 milhões de habitantes usam smartphones com conexão à internet. Ainda que a difusão de smartphones seja de apenas 21%, espera-se que esse número salte para 40% até 2025 devido ao robusto desenvolvimento econômico. Isso foi destacado pelo CoinText com referências a dados da GSMA.

Segundo Vin Armani, fundador e CTO, essas pré-condições tornam Bangladesh um destino altamente atrativo para a expansão.

“O CoinText permite a qualquer um com um telefone móvel e sinal de celular transacionar criptomoedas. Eles podem agora mover valor de um telefone para outro sem internet ou o desgaste de contas bancárias”, ele explicou.

Uma vez que usuários do CoinText gerenciam suas carteiras através de mensagens de texto (SMS), o serviço funciona em telefones antigos com funcionalidades limitadas – não é preciso instalar aplicativos, passar por um processo de registro e gastar dinheiro em uma conexão à internet.

Residentes do país podem adquirir suas carteiras CoinText simplesmente enviando uma mensagem com a palavra TEXT para um número dedicado de telefone e começar a enviar e receber montantes de qualquer endereço de BCH e telefone móvel em 38 países, incluindo Ucrânia, Itália, Colômbia e República Dominicana.