Colômbia: se dá lucro tem que pagar imposto!

As agências de Impostos e Alfândegas da Colômbia anunciaram que a Bitcoin é tributável, apesar do governo ter declarado que o ativo digital não é legal no país.

Publicado em 3 de julho de 2017 por

As agências de Impostos e Alfândegas da Colômbia anunciaram que a Bitcoin é tributável, apesar do governo ter declarado que o ativo digital não é legal no país.

Ainda ilegal

Em dezembro de 2016, as autoridades colombianas fizeram um anuncio em que declaravam que o Bitcoin é ilegal no país. Como alegação para tal anuncio, foi afirmado que a Primeira criptomoeda está de alguma forma relacionada com os esquemas Ponzi existentes no país.

Publicidade

Publicidade

As autoridades declararam ainda que o único curso legal que o país reconhece é o Peso colombiano, emitido pelo Banco Central da Republica da Colômbia.

O Chefe da Superintendência de Empresas, Francisco Reyes Villamizar, desencorajou as pessoas a investirem em fraudes de moeda virtual, alegando que Bitcoin está de alguma forma relacionado a elas.

Bitcoin e imposto

Ao mesmo tempo, o interesse no Bitcoin teve um aumento crescente ao longo dos últimos anos e meses, com muitos investidores embarcando no movimento deste novo tipo de investimento. Segundo a Superintendência Financeira da Colômbia, o Bitcoin é considerado um investimento de alto risco.

Publicidade

Publicidade

Sendo um investimento, é tributável. Mas seria um pouco difícil colocar as provisões fiscais na criptomoeda.

Por isso, a agência governamental planeja implementar algumas regras fiscais sobre o Bitcoin, como taxar a venda de criptografia específica no mercado. O advogado Juan Sebastian Peredo afirma que as pessoas devem reportar lucros de investimento em criptografia em seu imposto de renda correspondente às regras fiscais.

O especialista em Bitcoin, Jonathan Alexander Higuera, afirma:

“Na Colômbia, as pessoas não são obrigadas a declarar seus investimentos ou transações em Bitcoins ou qualquer outra criptomoeda, portanto elas podem ser usadas para evadir impostos”.

Os ganhos em Bitcoin ainda são tributáveis

Devido a isso, a Colômbia quer aplicar algumas regras fiscais para investidores de Bitcoin. Mesmo que o Banco Central da Colômbia não declare que o Bitcoin seja legal, isso não pode impedir que as pessoas desejem investir na criptomoeda, já que vários mercados permitem esse tipo de investimento.

O governo planeja colocar mais esforços na tributação dos investimentos para regular os lucros das criptografias com o objetivo declarado de prevenir crimes como a lavagem de capitais ou a evasão fiscal.

Desabafo pessoal

Cada vez mais fico chocada com a visão sem futuro de muitos políticos. Eles afirmam que o Bitcoin é ilegal, mas ainda assim você tem que declarar ganhos obtidos através dele. Ou seja, se dá lucro o governo quer uma fatia dele não importa como. Diante desse fato, faço a seguinte pergunta a todos os leitores: autoridades, como as da Colômbia, realmente combatem o tráfico de drogas ou até mesmo a lavagem de dinheiro?

 

Publicidade

Publicidade

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment