Com a blockchain é assim; é nadar ou se afogar!

Banco Central da Nigéria, Adebayo Adelabu, descreveu a revolução da Blockchain como uma situação de "mergulho, é nada ou e afogar".

Publicado em 24 de dezembro de 2016 por

Preocupado com a rápida invasão da Blockchain no país, o principal chefe de banco da Nigéria soou o alarme para que as agências relevantes começassem a levar a tecnologia disruptiva mais a sério.

Falando em um evento organizado pelo Fórum de Fraude Eletrônica da Nigéria (Neff), o vice-governador do Banco Central da Nigéria, Adebayo Adelabu, descreveu a revolução da Blockchain como uma situação de “mergulho”:

Publicidade

Publicidade

“Eu imploro que você, no entanto, trabalhe mais, especialmente porque a tecnologia mais uma vez nos levou às águas escuras, as da tecnologia Blockchain, onde os interessados devem aprender a nadar ou afundar, na novidade da maré”.

Eventos do passado recente têm atraído à atenção do Governo Federal da Nigéria no que diz respeito ao ecossistema inteiro da Blockchain. Os cidadãos tomaram literalmente o seu destino em suas próprias mãos, ignorando vários avisos e ameaças da assembleia nacional, e investem em vários esquemas que podem estar direta ou indiretamente relacionados com o Bitcoin e a Blockchain.

A autenticidade e a credibilidade de alguns desses esquemas podem não ser garantidos, como os investidores podem praticamente realizar seus negócios sem a interferência de agências governamentais os bancos tornaram-se um assunto de preocupação para o governo nigeriano.

Blockchain será maior que a Internet

Jeremy Epstein, do Never Stop Marketing, enfatiza o quão importante a Blockchain se tornará para o ambiente tecnológico e econômico global.

Epstein diz que a Blockchain acabará por se tornar ainda maior que a primeira fase da Internet:

“A Internet era toda sobre informação. A Blockchain é sobre ativos e ativos são o que realmente fazem o mundo girar. “

Nadar ou se afogar

No entanto, Epstein descreve o fenômeno de “nadar ou se afogar” baseado nas circunstâncias peculiares de qualquer sociedade.

Ele indica que a ideia dada tem uma dupla explicação.

Para qualquer país que sofra de falta de transparência e/ou corrupção, o investimento estrangeiro será sufocado se houver falta de confiança no sistema jurídico ou no sistema de propriedades desse dito país.

Mas já os países que começarem a agir em conjunto com a relação segurança/transparência que Blockchain oferece, eles vão atrair a próxima rodada de FDIC.

Além disso, Epstein diz que isso vai aumentar a confiança do consumidor em sua própria economia, o que significa que, o valor da moeda vai aumentar o oposto do que aconteceu na Venezuela.

Benefícios superam os prejuízos

Epstein identifica algumas preocupações quando se refere a elementos criminosos se aproveitando do sistema, no entanto, ele acredita que os benefícios a serem obtidos pela luta contra a corrupção, em muito, superam esses problemas.

No que se refere à Nigéria, Epstein acredita que o empoderamento dos indivíduos, por exemplo em direitos de propriedade, irá desencadear uma nova onda de crescimento dos negócios.

“Talvez o chefe do banco esteja dizendo que: ou a Nigéria adquire esta oportunidade revolucionária que a Blockchain oferece ou que seremos deixados para trás”.

Epstein concluiu dizendo que intermediários e pessoas que assumem comissões estão em maior risco, porque com as Blockchains, eles não possuem mais qualquer valor real.

Além disso, funcionários governamentais e privados que dependem de subornos terão tempos difíceis à frente.

São os governos do mundo entendendo o peso que a blockchain terá em seu estilo de vida como senhores de escravos, ainda veremos muito disso. Muitos governos vão espernear, porque não poderão mais saquear os ativos públicos. Espero que nosso governo crie alguma vergonha na cara e invista em blockchain antes que o povo morra a mingua em hospitais depredados, estradas esburacadas ou mesmo de fome e infelicidade de tanto pagar impostos e não ter retorno.

Publicidade

Publicidade

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment