Por que o Congresso dos EUA deu uma avaliação tão alta ao potencial do Bitcoin e da tecnologia de Blockchain

Um membro do Conselho de Governadores da Reserva Federal (FRS), Lael Brainard, chamou o Bitcoin e outras criptomoedas de "extremamente voláteis", mas deixou claro que essa nova classe de ativos não representa uma ameaça à estabilidade da economia americana.

Publicado em 21 de Março de 2018 por

Anteriormente, o Congresso dos EUA publicou um relatório sobre o estado das coisas na economia. Pela primeira vez, um capítulo inteiro do documento foi dedicado a criptomoedas e tecnologias de Blockchain, assim como seu enorme potencial para transformar a infraestrutura financeira e outras. Segue abaixo as principais teses e pontos-chave do documento.

Primeiro, representantes do Congresso compararam a importância do Bitcoin e das criptomoedas ao advento da Internet:

“O hype em torno das moedas digitais nos lembra do advento da Internet no final dos anos 90, quando as pessoas perceberam que as empresas de tecnologia podem mudar o mundo. Então, muitas empresas de Internet foram criadas e a taxa de suas ações cresceu muito rapidamente. Muitas delas falharam, mas algumas conquistaram um impressionante sucesso e mudaram os métodos tradicionais de fazer negócios”, diz o relatório.

O relatório também observa que, no futuro, os ativos digitais podem até mesmo superar as moedas fiat estatais:

“Alguns críticos das moedas fiat controladas pelos estados apoiam, de todas as maneiras possíveis, ativos digitais, porque sua oferta máxima é inicialmente programada e invariável. Por exemplo, apenas 21 milhões de Bitcoins serão emitidos provisoriamente até 2140. Além disso, o criador do Ethereum [Vitalik Buterin] criou uma recompensa pela extração de moedas de tal forma que a mesma diminui exponencialmente à medida que os novos blocos são extraídos. De acordo com seus cálculos, a oferta total de Ether será de pouco mais de 100 milhões.

Como uma das principais vantagens das tecnologias de Blockchain, os congressistas também citaram sua alta segurança e eficiência:

“Criptomoedas e ICOs estão constantemente nas manchetes, e a velocidade do desenvolvimento e da implementação de inovações financeiras no campo da tecnologia de Blockchain continua a surpreender os céticos. No entanto, concentrando-se em finanças, as pessoas podem não perceber a revolução digital que está atualmente ocorrendo devido às várias aplicações da Blockchain. Além disso, o desenvolvimento da tecnologia pode até assustar as pessoas, que associam Blockchain a notícias negativas. Ao mesmo tempo, a tecnologia oferece um método descentralizado, seguro e eficiente de armazenar virtualmente qualquer tipo de informação em uma variedade de plataformas”.  

O documento também observa que a Blockchain é capaz de transformar e aumentar a eficiência de muitas importantes indústrias:

“Desenvolvedores, empresas e governos já reconheceram o potencial e começaram a implementar Blockchains em muitos setores. Por exemplo, os provedores de serviços de saúde, pacientes e gestores continuam a procurar maneiras móveis e seguras de armazenar digitalmente registros médicos “.

Publicidade

Publicidade

Em conclusão, o Congresso recomenda não se concentrar apenas nos aspectos financeiros da nova tecnologia e desenvolver seu potencial em várias áreas:

“A tecnologia carrega vários problemas, mas também cria novas soluções. De fato, a Blockchain é usada para armazenar e transmitir com segurança grandes quantidades de informações em alta velocidade. Até o momento, ela demonstrou uma alta resistência a ataques de hackers e roubos. Dado esta característica, os desenvolvedores a usaram principalmente na criação de moedas digitais. No entanto, a Blockchain tem muito mais aplicações potenciais, como registros médicos móveis e suporte para infra-estrutura financeira e de energia”.

Estas são as recomendações gerais contidas no relatório do Congresso dos EUA:

  • Legisladores e cidadãos são encorajados a se familiarizar com moedas digitais e outras tecnologias de Blockchain que têm muitos usos. Por sua vez, os reguladores devem coordenar os esforços para garantir um quadro legal e definições claras;
  • Legisladores, reguladores e empreendedores também são encorajados pelo Congresso dos EUA a continuar trabalhando em conjunto para que os desenvolvedores possam introduzir rapidamente novas tecnologias de Blockchain a fim de proteger os americanos contra fraude e roubo, ao mesmo tempo garantindo a conformidade com a legislação pertinente;
  • Instituições públicas de todos os níveis devem considerar e explorar novos usos de tecnologias que possam tornar o governo mais eficiente no desempenho de suas funções.

Naturalmente, o relatório também contém várias advertências, incluindo sobre os riscos associados ao investimento em Ofertas Iniciais de Moedas e criptomoedas voláteis:

“No momento, muitos proeminentes economistas não acreditam que as criptomoedas atendem aos padrões e definição de dinheiro. A ex-presidente da Reserva Federal, Janet Yellen, acha o Bitcoin um “ativo muito especulativo”, que não é uma moeda legal. O Próprio Bitcoin tem limitações técnicas e econômicas que impedem seu uso como meio de troca: o tempo de processamento das transações e as comissões da rede continuam a aumentar e tornam o ativo pouco rentável para compras diárias”, diz o relatório.  

Vale notar que o documento foi compilado com base nos resultados do ano anterior e perdeu parcialmente sua relevância. Por exemplo, no final de fevereiro, as comissões na rede do Bitcoin caíram para um mínimo histórico absoluto, atingindo valores menores de um satoshi por um byte.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment