Conheça o Projeto Ubin do Banco Central de Cingapura

O Projeto Ubin é a recente iniciativa de blockchain multi-fase de Cingapura. O sistema permite pagamentos baseados em blockchain e está sendo desenvolvido conectando o Dólar de Cingapura à tokens digitais.

Publicado em 24 de julho de 2017 por

O Projeto Ubin é a recente iniciativa de blockchain multi-fase de Cingapura. O sistema permite pagamentos baseados em blockchain e está sendo desenvolvido conectando o Dólar de Cingapura à tokens digitais.

Benefícios da tecnologia blockchain

Usando uma blockchain, os bancos podem criar um sistema de pagamento mais eficiente e confiável. Bancos e clientes podem ser beneficiados com mais agilidade do sistema que tornará possível enviar valores em tempo real, ao mesmo tempo evitando taxas de processamento.

Publicidade

Publicidade

De acordo com o relatório do Projeto Ubin, os principais objetivos da iniciativa são “avaliar as implicações de um SGD (dólar de Cingapura) tokenizado em um livro-razão distribuído com potenciais benefícios para o ecossistema financeiro de Cingapura” e “reduzir os riscos e os custos dos pagamentos transfronteiriços em valores mobiliários”.

Desenvolvimento do Projeto Ubin

A primeira fase ocorreu nas seis semanas entre 14 de novembro e 23 de dezembro de 2016 para estabelecer as bases, avaliar a viabilidade e as implicações do uso da tecnologia. O projeto começou com uma prova de conceito para realizar pagamentos internos entre os bancos através da blockchain.

Ao usar a tecnologia blockchain, os bancos podem se beneficiar de muitas maneiras, pois ela reduz o número de erros internos do sistema, melhora o monitoramento para os reguladores, evita os riscos de contraparte, a liquidação e evita a fraude. A conclusão da Fase 1, essencialmente, resultou no desempenho melhorado para registros e transações em termos de velocidade, segurança, preço e precisão.

Publicidade

Publicidade

As próximas fases do projeto explorarão pagamentos internacionais em moedas únicas ou diferentes e mitigarão o risco em acordos de segurança de moeda cruzada. A Fase 2 focará em primeiro lugar, numa faixa de Emissão versus Pagamento (DvP), que pode avaliar o uso da blockchain para os Títulos do Governo de Singapura e, em segundo lugar, em uma via de Pagamento versus Pagamento (PvP) que continuará a desenvolver o mercado interno e internacional dos sistemas de pagamento.

Parceria de peso

A Autoridade Monetária de Singapura (MAS) é o banco central e a autoridade de regulamentação de finanças em Cingapura. O MAS está trabalhando em parceria com o grupo R3, a empresa de consultoria Deloitte e três bancos locais no desenvolvimento do protótipo de pagamentos.

Bancos de todo o mundo estão participando do projeto, dentre eles podemos destacar:

  • Bank of America Merrill Lynch;
  • Credit Suisse;
  • DBS Bank,
  • Hong Kong e Shanghai Banking Corporation Limited (HSBC);
  • JP Morgan;
  • Mitsubishi UFJ Financial Group;
  • OCBC Bank;
  • Singapore Exchange;
  • United Overseas Bank .

 Implicações para Cingapura

Uma participação bem sucedida para o Projeto Ubin resultaria em um marco, tornando o dólar de Cingapura na primeira moeda asiática digitalizada. Isso significa que um planejamento cuidadoso deve ser realizado, levando em consideração aspectos particularmente importantes, como o modelo de arquitetura e interação, a identificação do proprietário do Arquivo Genesis e a estrutura de infraestrutura, incluindo também as principais decisões de gerenciamento e a verificação de contratos inteligentes.

O MAS visa desenvolver inovações tecnológicas no setor financeiro. O Projeto Ubin é uma oportunidade para Cingapura se tornar uma nação líder na pesquisa e desenvolvimento da tecnologia blockchain, que se correlaciona com o objetivo de se tornar um Centro Financeiro Inteligente.

Ironia ideológica

É fascinante ver essa tecnologia revolucionária, originalmente projetada para perturbar ou mesmo derrubar o sistema financeiro existente, sendo adotada pelos alvos da revolução. É verdade que a blockchain oferece benefícios de eficiência, precisão, confiabilidade e verificabilidade que são relevantes para muitas organizações.

No entanto, a blockchain nas mãos dos bancos centrais causa um certo choque ideológico que pode ocasionar uma fricção entre os usuários corporativos da blockchain e os idealistas revolucionários.

Publicidade

Publicidade

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment