Controle sobre criptomoedas na China será realizado por organização de auto regulação

Em 2018, a China pretende padronizar medidas para regular o mercado criptográfico do país. Isto foi relatado por representantes da Associação Nacional da China para Atividades Financeiras na Internet (NIFA).

Publicado em 12 de Fevereiro de 2018 por

Em 2018, a China pretende padronizar medidas para regular o mercado criptográfico do país. Isto foi relatado por representantes da Associação Nacional da China para Atividades Financeiras na Internet (NIFA). Isso foi relatado pela CoinDesk.

Segundo eles, a prática de supervisionar esta esfera já produziu resultados positivos para o ano de 2017.

Publicidade

Publicidade

“Os projetos de monitoramento especializados em 2017 incluíram a emissão de avisos para moedas virtuais, ICOs e ICOs ‘disfarçadas‘. 2018 será um ano-chave para a associação, que busca normalizar e padronizar as medidas existentes aplicadas nesses projetos”, afirmaram representantes do ministério.

Note que a NIFA supervisiona os projetos que funcionam com novos tipos de pagamentos na Internet – incluindo ativos criptográficos – sendo, ao mesmo tempo, uma organização auto reguladora e não um regulador governamental em exercício. O Escritório foi criado em 2015 pelo Banco Popular da China e aprovado para a realização de suas atividades no Conselho Estadual do país.

Vale ressaltar que em janeiro, a NIFA advertiu consumidores e investidores sobre as “propostas de mineração primária” com base na venda de equipamentos de mineração configurados para a extração de uma determinada moeda criptográfica.

Publicidade

Publicidade

Nota:

Parece até uma comedia mal escrita: em um país autoritário, uma instituição que não é governamental, mas foi criada pelo Banco Central. Todo dia uma besteira diferente desses órgãos que, supostamente, existem para proteger o povo.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment