Investigação: Coréia do Norte mantém estoque criptográfico no servidor de universidade em Pyongyang

Especializada em segurança cibernética, a empresa americana AlienVault descobriu um software para mineração escondida enviando criptomoedas extraídas ao servidor da Universidade Kim Il Sung, em Pyongyang.

Publicado em 9 de Janeiro de 2018 por

Especializada em segurança cibernética, a empresa americana AlienVault descobriu um software para mineração escondida enviando criptomoedas extraídas ao servidor da Universidade Kim Il Sung, em Pyongyang. Isso foi escrito pela Reuters.

De acordo com a agência, o programa foi inventado no final de dezembro em uma das universidades da capital da Coréia do Norte e projetado para fornecer ao país novos canais de entrada de moedas criptográficas.

Publicidade

Publicidade

“O programa usa computadores host para extrair Monero. As criptomoedas podem fornecer ao país sub-nacional canais de vida financeiros. Como resultado, as universidades de Pyongyang mostraram interesse em criptografia e tecnologia de Blockchain”, afirmou a AlienVault.

De acordo com o AhnLab, o endereço de IP 175.45.178.19 da Coréia do Norte foi repetidamente visto nas operações de negociação com a moeda criptográfica. Anteriormente, ele “acendeu” em ataques cibernéticos contra autoridades sul-coreanas em 2014-2015.

No entanto, a empresa enfatiza que o servidor norte-coreano que utilizou o software para mineração não estava conectado à rede global, ou seja, poderia enganar deliberadamente um observador externo sobre a existência de “laços norte-coreanos”.

Publicidade

Publicidade

“Também é necessário levar em conta o fato de que não só os cidadãos da RPDC, mas também estudantes estrangeiros estudam na Universidade Kim Il Sung, bem como especialistas de outros países”, acrescentou AhnLab.

A administração da universidade e os representantes da RPDC nos EUA ainda não comentaram esta situação.

Chrys

Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment