Corretor dos EUA compra uma página completa do WSJ para avisar sobre “ameaça do Bitcoin”

O chefe do Interactive Brokers publicou em toda a página da edição do The Wall Street Journal (WSJ) uma declaração de alerta sobre o "perigo para os mercados de capitais", que são futuros para Bitcoin.

Publicado em 17 de novembro de 2017 por

O chefe do Interactive Brokers publicou em toda a página da edição do The Wall Street Journal (WSJ) uma declaração de alerta sobre o “perigo para os mercados de capitais”, que são futuros para Bitcoin.

Na página, ele dirigiu sua mensagem ao presidente da CFTC, Christopher Giancarlo, expressando sua preocupação com os planos do Chicago Mercantile Exchange (CME Group) para futuros de Bitcoin que o site planeja lançar em dezembro deste ano.

Publicidade

Publicidade

“Nesta carta, exorto a CFTC a exigir de qualquer organização que pretenda trabalhar com criptomoedas ou derivados com base neles, que faça isso separadamente de outros produtos”, escreveu Thomas Peterffi.

Peterffi acredita que as criptomoedas ainda não são maduras o suficiente para integrar o mercado financeiro tradicional.

“O mercado de criptomoedas ainda não amadureceu, não está resolvido e não foi suficientemente testado”, continua Peterffi. “Esses produtos e mercados relevantes existem a menos de dez anos e são pouco relevantes para qualquer realidade objetiva ou eventos econômicos que ocorrem no mundo”, completou.

Publicidade

Publicidade

Além disso, de acordo com o chefe da Interactive Brokers, a “volatilidade desenfreada” do Bitcoin pode ser perigosa a outros contratos de futuros no mercado e, portanto, a compensação desses derivados deve ser realizada pelas organizações relevantes isoladamente de outros instrumentos financeiros derivativos. Caso contrário, ele acredita que, como resultado, os futuros Bitcoin podem “desestabilizar a economia real”.

Por outro lado, representantes de um grande conglomerado financeiro do Bank of America disseram ontem que o surgimento de futuros de Bitcoin no mercado financeiro tradicional deve reduzir – de certa forma – a volatilidade da moeda.

Lembre-se de que, há alguns dias atrás, os famosos financiadores americanos, ex-chefe do Federal Reserve, Alan Greenspan, e ex-chefe do CFTC, Bart Chilton, discordaram radicalmente sobre o Bitcoin.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment