Corretora BitPrime da Nova Zelândia tem crescimento gigantesco

A BitPrime, uma plataforma de criptomoedas da Nova Zelândia com apenas três meses de idade, alcançou um crescimento sem precedentes, processando transações no valor de mais de US$ 600.000 em menos de quatro meses.

Publicado em 14 de junho de 2017 por

A BitPrime, uma plataforma de criptomoedas da Nova Zelândia com apenas três meses de idade, alcançou um crescimento sem precedentes, processando transações no valor de mais de US$ 600.000 em menos de quatro meses.

A BitPrime já se tornou uma das plataformas de criptografia mais populares da Nova Zelândia. Ao contrário de outras participantes do mercado, ela é a única que permite que seus clientes troquem diretamente pares de diferentes criptomoedas para dólares neozelandeses. Outras plataformas de troca na região exigem que o usuário primeiro compre o Bitcoin para, em seguida, convertê-los em Altcoins.

Publicidade

Publicidade

A corretora oferece negociação de Ripple, Ethereum, Dash e Bitcoin, e todas elas são negociáveis por Bitcoins ou dólares neozelandeses. Por conta desse estilo de negociação, a BitPrime se tornou a queridinha entre os negociantes de criptomoedas no país.

O fundador da BitPrime, Jeff Palmer, disse que foi muito difícil iniciar a plataforma de negociação de criptomoedas no país. Entre as dificuldades que ele enfrentou, uma que foi de suma importância, foi a questão de uma conta bancaria para a empresa.

Porem, mesmo tendo que lidar com essa e muitas outras dificuldades o projeto saiu do papel e, ao que tudo, indica vem sendo muito lucrativo para seu proprietário que nesses três meses viu o valor de US$ 600.000 passar por sua jovem plataforma.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment