Corretora finlandesa de Bitcoin enfrenta problemas com bancos

Uma das maiores corretoras escandinavas de Bitcoins, a Prasos Oy, afirmou que quatro bancos finlandeses fecharam as contas da organização e se recusaram a cooperar por temores de potenciais violações à legislação AML.

Publicado em 12 de Março de 2018 por

Uma das maiores corretoras escandinavas de Bitcoins, a Prasos Oy, afirmou que quatro bancos finlandeses fecharam as contas da organização e se recusaram a cooperar por temores de potenciais violações à legislação AML. Como informa a Bloomberg, atualmente, a Prasos Oy serve por apenas um banco e enfrenta a possibilidade de congelamento de atividades por tempo indeterminado.

“Entendemos que o acentuado aumento no volume de transações internacionais foi alarmante para os bancos, mas eles não nos dizem como podemos remediar esse problema”, afirmou Henry Braid, CEO da Prasos, acrescentando que os números chegaram a US$ 185 milhões.    

Na Finlândia, não há um quadro legal que regule o funcionamento de empresas criptomonetárias. No entanto, de acordo com o chefe da Autoridade Bancária Europeia, Andrea Enria, no momento seu departamento não aconselha os bancos a cooperarem com essas empresas.

“Desenvolvemos métodos para identificar usuários de acordo com as normas AML, embora as autoridades nunca as exijam”, acrescentou Braid.

A assessora do regulador financeiro finlandês (FSA), Hanna Heiskanen, ressalta que enquanto não existe uma regulamentação, o formato da cooperação é determinado pelas partes.

Note que instituições como S-Bank, OP Group, Saastopankki e Nordea Bank AB fecharam as contas dos operadores de corretoras de criptomoedas Bittiraha.fi e Coinmotion.com ainda no ano passado. Os representantes dos bancos se recusam a comentar suas políticas em relação às empresas criptomonetárias.

Lembramos que plataformas de negociação na Índia enfrentam problemas semelhantes, sendo que no país, a pressão sobre os bancos é supostamente exercida pelas autoridades do país.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment