Credits – maior velocidade em serviços financeiros

No âmbito das criptomoedas, muitas moedas ainda buscam a paridade com as gigantes Bitcoin e Ethereum.

Publicado em 30 de setembro de 2018 por

Credits CS

No âmbito das criptomoedas, muitas moedas ainda buscam a paridade com as gigantes Bitcoin e Ethereum. Um dos principais problemas encontrados do Bitcoin, por exemplo, é o tempo de confirmação de transação. Além disso, o tamanho do Bloco do Bitcoin é de apenas 1 MB. Já o Ethereum, apesar de processar cerca de 10 a 30 transações por segundo, possui outros problemas.

Nesse sentido, a Credits entrou no mercado como concorrente, sobretudo na esfera que tange a velocidade de transações. A plataforma da Credits, que abrange diversos serviços financeiros (financiamento, troca de moedas, transferência de dinheiro, etc), conclui mais de 1 milhão de transações por segundo e a velocidade de execução é de mais ou menos 0,01 segundos.  Dessa maneira, em termos de velocidade a moeda se coloca muito à frente do big boss Bitcoin e também do Ethereum.

O principal fator por trás dessa façanha são as taxas de transação incrivelmente baixas. Na plataforma, os usuários da criptomoedas podem se comunicar entre si com base nos modelos peer-to-peer (P2P). As transferências de dados usam o protocolo da camada de transporte UDP do modelo de rede ao passo que o sistema NoSQL está enquadrado no conceito de armazenamento.

Sistema de segurança Credits

Como a plataforma Credits é baseada em um sistema P2P para prestação de serviços financeiros, a equipe de desenvolvimento manteve foco principal no modelo de segurança. A plataforma faz uso do algoritmo BLAKE2, desenvolvido sobre a base do design do HAIFA, para alicerçar o consenso. Além da segurança o algoritmo garante maior velocidade em transferência de dados leves.

Assim, com o auxílio da plataforma credits, empresas podem desenvolver seu próprio modelo de contrato inteligente e até mesmo seus ciclos de tempo. Além disso podem usufruir de um sistema que garante enorme velocidade de transações.

Dentro da plataforma, os contratos inteligentes devem ser desenvolvidos a partir do uso da moeda digital Credits (CS).

Desenvolvimento do CS no mercado

Após o lançamento, e depois muitas oscilações, a criptomoeda Credits atingiu seu mais alto pico em maio, mais precisamente no primeiro dia do mês cinco, quando a moeda chegou a ser negociada por US$ 0,928758. Desde então, não voltou ao mesmo patamar. Do seu maior valor até a cotação atual, o preço da moeda digital CS caiu cerca de 77%.

Dessa maneira, a moeda Credits, lançada no mercado no dia três de março deste ano, não trilhou o melhor caminho possível, o que pode ser explicado pela própria tendência geral do mercado. Nos últimos 60 dias, a moeda acumula queda de cerca de 72%, estando cotada em US$ 0,2138 no momento dessa redação, segundo o CoinGecko.

Onde comprar CS

De acordo com dados do CoinMarketCap, de um fornecimento total de 249.471.071 moedas cunhas, estão em circulação no mercado 138.268.126. Essas moedas podem ser negociadas, sobretudo, pelas Exchanges Kucoin, Gate.io. LBank e IDEX que concentram o maior volume de negociações da moeda.

É possível acompanhar mais informações do mercado incluindo outras exchenges e volume de negócios através do link: https://coinmarketcap.com/pt-br/currencies/credits/#markets

Para outras informações a respeito da Plataforma Credits e do CS acesse o site oficial.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment