ERC-725: Criador do padrão ERC-20 pretende padronizar tecnologia de identificação digital com Ethereum

Publicado em 8 de dezembro de 2017 por

O desenvolvedor Ethereum e criador do padrão ERC-20, Fabian Vogelsteller, pretende usar o conjunto de regras ERC-725 para padronização da tecnologia de identificação digital. Isso foi relatado pela CoinDesk.

“Isto é exatamente o que precisamos para construir o futuro. Não podemos evitar esse problema”, disse Fabian Vogelsteller.

Publicidade

Publicidade

Apesar do crescimento exponencial da capitalização de mercado de ICOs este ano, o criador do ERC-20 está insatisfeito com os frutos de seu trabalho, já que muitos projetos, em sua opinião, buscam apenas maximizar os lucros e não promover novas inovações.

No início de novembro, na conferência Devcon3, Vogelsteller criticou muitos projetos de ICO, dizendo que essa direção é “menos interessante” no ecossistema Ethereum. No entanto, ele está confiante de que o novo padrão ERC-725 tem o potencial de alcançar avanço no campo da identificação digital.

A tecnologia de Blockchain permite que os usuários controlem seus dados pessoais, minimizando assim, os riscos de fraude, roubo e uso ilegal de informações confidenciais. Uma série de startups de Blockchain surgiu com o objetivo de resolver o problema da identificação digital, mas Vogelsteller acredita que o padrão Ethereum será a solução efetiva.

Publicidade

Publicidade

O modelo ERC-725 assume a execução dos processos necessários à implementação e controle de identificação digital através de contratos inteligentes.

Um sistema padronizado de todos os aplicativos para identificação digital de empresas e empreendedores individuais garantirá a interoperabilidade total entre eles.

Além disso, o padrão ERC-725 será “flexível” na aplicação, não apenas para a identificação do indivíduo, mas também para vários “objetos e robôs”, incluindo o gerenciamento da cadeia de suprimentos.

No momento, o modelo ERC-725 preliminar está sendo discutido no GitHub, e muitos desenvolvedores já apoiaram o projeto. O próprio Vogelsteller afirma que a ideia veio a ele há dois anos, mas ele pensou que outras plataformas o implementariam.

“Elas não fizeram isso, então eu tive que fazer”, ressaltou.

Recorde que mais cedo na rede principal Ethereum, foi lançada uma versão leve do protocolo de micro pagamentos μRaiden, entendido como um canal de pagamento unidirecional que também suporta tokens do padrão ERC-20.

Chrys

Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment