Polleit: As criptomoedas podem ocupar o lugar das moedas tradicionais

A revista alemã líder de negócios, Wirtschafts Woche publicou recentemente um artigo intitulado "A Revolução da Criptomoeda", no qual seu autor, o economista Thorsten Polleit, argumenta que o surgimento de ativos digitais desencadeou uma revolução no sistema monetário.

Publicado em 10 de julho de 2017 por

A revista alemã líder de negócios, Wirtschafts Woche publicou recentemente um artigo intitulado “A Revolução da Criptomoeda”, no qual seu autor, o economista Thorsten Polleit, argumenta que o surgimento de ativos digitais desencadeou uma revolução no sistema monetário. Isto foi relatado pela revista Fork Log.

Na opinião de Polleit, no futuro, as criptomoedas podem desbancar de vez o dinheiro tradicional, que tem uma série de deficiências. Entre elas:

– inflação;

– distribuição desigual;

– forte tendência aos ciclos de crescimento-queda;

– uma exposição constante à tentação de aumentar a dívida pública.

Publicidade

Em seu artigo, o economista alemão argumenta que, devido à concorrência, as criptomoedas são poupadas dessas e outras deficiências. Uma vez que nenhum monopólio do Estado se aplica a qualquer moeda criptográfica, a demanda do consumidor deve contribuir para a melhoria do ecossistema das mesmas.

Ao mesmo tempo, Polleit observou que nem todas as criptomoedas são poupadas das deficiências acima mencionadas. Assim, algumas moedas digitais estão sujeitas à inflação, embora o ritmo deste último no caso dessas criptos especificas seja geralmente inalterado e, portanto, previsível.

Deficiências também podem ser encontradas nos modelos de propagação de tokens. A busca pela melhor opção para a distribuição de tokens é uma questão controversa, acredita Polleit.

Além disso, o economista está convencido de que, se você separar a política monetária dos governos nacionais, você pode evitar muitos dos problemas inerentes às moedas fiduciárias.

Polleit acredita que a demanda dos consumidores por Bitcoin provavelmente aumentará, pois o dinheiro perderá seu poder de compra e os governos nacionais reduzirão ou mesmo liquidarão transações em dinheiro. Assim, o economista acredita que a moeda criptográfica tem o potencial necessário para tornar o “papel-moeda inútil”.

Apesar das declarações otimistas, Polleit ainda pede que os investidores sejam cautelosos com a especulação criptográfica.

“Todo detentor de moedas digitais deve saber que não está investindo, mas especulando. Ao contrário de ações ou títulos, eles não possuem uma fórmula de avaliação reconhecida e comprovada – o mesmo se aplica às commodities ou obras de arte. Você não pode determinar se o preço dela [moeda criptográfica] é justificado do ponto de vista do seu valor interno”, disse Polleit.

Por esta razão, Polleit se refere favoravelmente aos tokens ligados a ativos tangíveis, como, por exemplo, metais preciosos.

Publicidade

Separando-se dos entusiastas da cripto, o economista exorta os investidores a não abusarem da especulação com ativos digitais.

Polleit está convencido de que é melhor para um investidor razoável continuar investindo em ações de “grandes empresas”, adotando estratégias de investimento de longo prazo. A revolução monetária está repleta de transtornos econômicos, enquanto as ações de empresas respeitáveis ​​trarão resultados positivos para seus detentores, independentemente das moedas que eles usam para realizar negócios. (Acredito que esse tenha sido o exato pensamento das pessoas que investiram na Petrobrás e do nada viram todas as suas economias escorrerem pelo ralo, mas enfim… ele é economista e eu sou somente uma escritora de site)

Já de acordo com o economista americano Panos Mordukatas, o preço do Bitcoin está longe de ser seu valor limitante, o que significa que o “ouro digital” ainda fará muitas pessoas milionárias.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment