Demanda por Bitcoins aumenta em empesas americanas

Publicado em 27 de fevereiro de 2017 por

O Bitcoin tem atraído um grande interesse nos últimos dois anos, e o público que investe explodiu com o sempre crescente preço do Bitcoin. Agora, um novo setor de mercado está começando a surgir, empresas estão armazenando a moeda digital para combater o cibercrime.

Ransomware aumenta a demanda por Bitcoins

Muitos hackers estão procurando formas de adquirir Bitcoins, com esse objetivo em mente os ataques de Ransomware tem crescido bastante nas empresas. Como lidar com esses ataques é um a questão delicada e apresenta soluções controversas, essas situações parecem sempre por as empresas em situação de alto risco.

“A política oficial do FBI é de que você jamais deveria pagar o resgate”, disse Leo Taddeo, chefe de segurança da Crypt-zone. Taddeo dirigiu a divisão cibernética do FBI em Nova York.

Porém, a opção de pagar o resgate trás de volta o controle de seus arquivos, sendo, às vezes, a única opção. Entretanto, ela possui desvantagens. Pagar o resgate deixa o usuário mais vulnerável a um novo ataque.

Esta ação, termina por iniciar um ciclo vicioso. Quanto mais empresas pagam em Bitcoin, mais ataques se tornam possíveis. Quanto mais o Bitcoin se torna valioso, mais ataques tornam-se prováveis.

Aqueles que não pagam as demandas de ransomware podem perder a confiança de seus clientes ou seus valiosos dados de negócios completamente. Do lado do criminoso, eles podem racionalizar seus atos covardes, culpando as vítimas por não esperar este resultado de agora em diante.

“Eles realmente irão explorar seu sistema para ver quanto dinheiro eles podem espremer de você”, disse Andrei Barysevich, diretor na Recorded Future. “Eles realmente pensam que estão no mais alto nível moral. Eles acham que as empresas deveriam pagar por mais segurança”.

Ataques de Ransomware já podem ter custado US$ 1 bilhão em resgate

Um criminoso virtual corporativo pode exigir até US$ 75.000 em Bitcoin, ou cerca de 65 BTC. Indivíduos podem ser atingidos também, mas eles são peixes pequenos é só podem arcar com o custo de algumas centenas de dólares como resgate.

A Recorded Future, uma empresa de inteligência contra ameaças em Somerville, Massachussets, diz que os pagamentos de resgate dispararam 4000% no ano passado, atingindo US$ 1 bilhão. Outra empresa, a Kaspersky Lab, estima que um novo negócio é atacado com ransomware a cada 40 segundos, tornando-se uma verdadeira epidemia.

Outro problema é: que se você pagou a um ciber-criminoso, não significa que eles vão te deixar em paz, como eles disseram, não garante que eles forneçam as chaves criptográficas para restaurar seus arquivos.

Os criminosos não são as pessoas mais éticas do mundo, então você pode ter que pagar um par de vezes. As autoridades dizem que fazer backup de todos os seus arquivos de computador em uma base regular pode ser a melhor maneira de se proteger.

Isso pode salvar informações de arquivo, mas não pode restaurar os sistemas de computador que são necessários para continuar executando o negócio numa base diária. Depende do ataque se você precisa pagar ou não. Cerca de 25% das empresas nunca recebem restauração após um ataque, mesmo pagando o valor pedido.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment