A correção do Bitcoin em 2018 não repetirá cenário de quatro anos atrás devido a significativas mudanças na estrutura do mercado. Esta suposição foi feita pelo analista e investidor de criptomoedas Willie Wu

Nos próximos 10 anos, a capitalização do mercado criptomonetário aumentará em 5000%, chegando a US$20 trilhões, mas o Bitcoin terá que ceder e abrir espaço para outras moedas. Essa é a opinião do CEO da empresa de consultoria deVere Group, Nigel Green.

Ele observou que, embora muitos associem o Bitcoin à revolução criptomonetária, seu domínio no mercado cairá drasticamente na próxima década.

“Isso se deve ao fato de que, com a adoção generalizada de criptomoedas, cada vez mais ativos digitais serão lançados por organizações dos setores público e privado. Isso aumentará a competição para o Bitcoin”, sugeriu Nigel Green.

Em sua opinião, as soluções oferecidas por altcoins futuras ou já existentes poderão superar as vantagens do Bitcoin.

Green observou também que uma suave transição de moedas fiduciárias para ativos digitais está em andamento, e segundo ele, nos próximos anos, essa tendência só vai crescer.