DogeCoin, o shiba inu mais amado

Publicado em 26 de agosto de 2016 por

DOGECOIN

Dogecoin foi criado pelo programador Billy Markus de Portland, Oregon , que esperava criar um criptomoeda divertida que pudesse chegar a um público mais amplo que Bitcoin. Além disso, ele queria distanciá-lo da história controversa por trás do bitcoin, principalmente a sua associação com o Silk Road mercado de drogas online.  Ao mesmo tempo, Jackson Palmer, um membro do  departamento de marketing da Adobe System  em Sydney , foi encorajado no Twitter por um estudante na Front Range Community College a tornar a idéia uma realidade.

Depois de receber várias menções no Twitter , Palmer comprou o domínio dogecoin.com e acrescentou uma tela de abertura, que contou com o logotipo da moeda e textos espalhados na fonte Sans Comic . Markus viu o site ligado em uma sala de chat IRC e juntou esforços ao Palmer para criar a moeda. Markus baseou o Dogecoin na criptomoeda existente, Luckycoin,  que por sua vez é baseado em Litecoin,  que também usa a tecnologia Scrypt em seu algoritmo de hash. O uso de Scrypt significa que os mineradores não poderiam usar os equipamentos especializados na mineração do algoritmo SHA-256, normalmente utilizados para minerar BTC, para minerar DOGE. Dogecoin foi lançado oficialmente em 8 de dezembro de 2013. A rede Dogecoin foi originalmente destinado a produzir 100 bilhões Dogecoins, e mais tarde, foi anunciado que a rede Dogecoin iria produzir infinitas Dogecoins.

Publicidade

Publicidade

Em 19 de dezembro de 2013, o Dogecoin teve um salto de quase 300% em seu valor no período de 72 horas, passando de US $ 0,00026 para US$ 0,00095,  com um volume de bilhões de Dogecoins por dia.  Esse crescimento ocorreu durante um tempo em que o  Bitcoin e muitas outras moedas estavam sofrendo com a decisão do governo chinês em proibir os bancos chineses de investir na economia do Bitcoins e outras cryptomoedas. Porém o Dogecoin não foi incluído nesta proibição em massa, causa maior desse aumento.  Três dias depois, Dogecoin experimentou sua primeira grande queda, uma depreciação de 80%, devido a grandes mineradores que guardavam suas moedas na espera de um aumento significativo em seu valor.

O Dogecoin possui um numero enorme de fãs espalhados pelo mundo e muitos negociadores tem por ele um carinho especial. Como exemplo disso temos um fato ocorrido em 25 de dezembro 2013, a primeira tentativa de roubo grande de Dogecoin ocorreu quando milhões de moedas foram roubados durante um hack da carteira padrão do Dogecoin. O hacker obteve acesso ao sistema de arquivos da plataforma e fez com que todos os DOGE enviados fossem para seu endereço pessoal.

Este incidente colocou fez do Dogecoin a moeda mais comentada no  Twitter. Para ajudar aqueles que perderam fundos neste hack, a comunidade Dogecoin começou uma iniciativa denominada “SaveDogemas.” Cerca de um mês depois, foi doado DOGECOINS o bastante para cobrir todas as moedas que foram perdidas.  Em janeiro de 2014, o volume de negociação de Dogecoin brevemente superou do bitcoin e todos as outras cripto-moedas.  A partir de 25 janeiro 2015 , Dogecoin tem uma capitalização de mercado de US $ 13,5 milhões. Em abril 2015 Jackson Palmer anunciou que ele está tomando uma “licença prolongada ” da comunidade de cryptomoedas.

Publicidade

Publicidade

 

Jogos Olímpicos de Inverno de 2014

 

bobsled

 

A comunidade Dogecoin têm incentivado angariação de fundos para instituições de caridade e outras causas notáveis. Em 19 de Janeiro, de 2014, uma angariação de fundos foi estabelecida pela comunidade Dogecoin para levantar US $ 50.000 em benefício da equipe Bobsled jamaicana , que tinha se qualificado, mas não podia dar ao luxo de ir para os Jogos Olímpicos de Inverno de Sochi. No segundo dia, valor $ 30.000 de Dogecoin foi doado,  e a taxa de cambio Dogecoin para Bitcoin aumentou em 50%. A comunidade Dogecoin também levantou fundos para um segundo atleta ir aos jogos olímpicos de Sochi, o indiano Shiva Keshavan, o primeiro indiano à participar de uma olimpíada de inverno.

 

Doge4Water

 

dogeporagua

 

Inspirado pelos fundos angariados nos Jogos Olímpicos de Inverno e menores sucessos na caridade, a Fundação Dogecoin, liderada por Eric Nakagawa , começou a coletar doações para construir um poço na bacia do rio Tana, no Quênia, juntamente com a ONG Charity: Water. Eles idealizavam arrecadar um total de 40 milhões de DOGE ($ 30.000 na época) antes Dia Mundial da Água (22 de Março)  A campanha atingiu sua meta, recolhendo doações de mais de 4.000 doadores, incluindo um benfeitor anônimo que doou 14 milhões de Dogecoin ( $ 11.000) o que nos meios de comunicação foi apelidado de “o tweet mais valioso da história”.

 

NASCAR

 

fgiboxor8suymdmou6vn

 

Em 25 de Março 2014, a comunidade Dogecoin levantou com sucesso 67,8 milhões de Dogecoins (cerca de 55.000 dólares na época) em um esforço para patrocinar o motorista Josh Wise da NASCAR.  Em 4 de maio de 2014, Wise e seu carro foram apresentados por quase um minuto, durante o qual os comentaristas da corrida discutiam o Dogecoin e o esforço da fundação, enquanto terminava a corrida em 20.º. Em 16 de maio de 2014, Wise ganhou um lugar na Corrida Sprint All-Star por meio de uma votação online, batendo nomes consagrados como o de Danica Patrick, com a ajuda da comunidade do Dogecoin no Reddit. Ele terminou a corrida em décimo quinto, o último carro de corrida.  A corrida seguinte na Coca-Cola 600 , o Wise estreou um capacete do Dogecoin/Reddit.com. Wise anunciou mais tarde ele iria correr com carro novamente, na Toyota / Save Mart 350, como um presente de agradecimento para a comunidade e à GEICO 500. Ele terminou vigésimo oitavo na corrida em parte devido a um problema de reabastecimento. Inclusive a DLC, desenvolvedora da sequencia de jogos NASCAR, adicionou em sua versão 2014 um carro com as propagandas do DOGECOIN assim como as de Wise.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment