Dogecoin pode morrer e acabar?

Como fã assídua do Dogecoin, imploro que façam alguma coisa, não deixem o Doginho morrer, pls!

Publicado em 6 de março de 2017 por

Assim foi o diálogo entusiástico, desarticulado do “Doge”, o cão Shiba Inu bonito que de meme da internet se transformou em criptomoeda, que mais tarde foi adotada por usuários em busca de um toque mais suave à tecnologia.

De 2013 a 2014, o Dogecoin esculpiu seu lugar no mundo das criptos, em parte porque sua comunidade o usou mais como uma moeda corrente em uma época em que os rivais Bitcoin e Litecoin foram tidos tipicamente como ativos sérios. Em certa altura, centenas ou milhares de Dogecoin andavam em torno do Twitter e Reddit, sendo enviados de um lado para outro entre os usuários, que coletivamente eram apelidados de “shibes”.

Publicidade

Publicidade

Esse momento se expandiu em empreendimentos mais sérios, com a comunidade arrecadando dinheiro para financiar uma equipe de bobsled e poços de água em países em desenvolvimento, entre outras iniciativas de caridade.

Mas como o protocolo de criptocorrência irá se fechar em 18 meses caso não ocorra uma atualização. Será que o Dogecoin, a moeda mais divertida e cultuada no twitter, está morrendo? E o que significa morrer, até mesmo para uma moeda de software distribuído?

De acordo com Jackson Palmer, o fundador da criptocorrência (que partiu da comunidade em meio a uma crescente confusão em 2015), o Dogecoin viu um amplo declínio na área de seu desenvolvimento, algo que certamente não é um bom agouro para sua longevidade.

Palmer, que continua a manter-se distante da comunidade, embora verifique a moeda de vez em quando, disse:

“Novos recursos não estão sendo implementados no Dogecoin porque não há mais nenhum desenvolvimento ativo. Finalmente, ele vai ficar desatualizado. E com isso, a rede orgânica vai down”.

Situação atual

Uma mera olhada para a página GitHub Dogecoin, onde são postados projetos e atualizações, confirma esta perspectiva até certo ponto.

De acordo com os dados disponíveis, desde 20 de outubro de 2015, não foram feitas alterações no código e, desde a explosão da atividade em meados do ano, as contribuições cessaram essencialmente.

Talvez mais revelador seja o fato de que os volumes de comércio também diminuíram acentuadamente desde o pico de popularidade das criptomoedas, de acordo com a CoinMarketCap.

O motivo? As pessoas estão seguindo em frente, disse Palmer.

“Muitas pessoas que cortaram os laços com o Dogecoin, passaram para coisas maiores e melhores”, disse ele, acrescentando que a maioria dessas pessoas migraram para plataformas mais modernas.

Por outro lado, a moeda parece bastante saudável em comparação com os outras, uma vez que o novo poder de mineração continua a ficar on-line e a taxa de hash do Dogecoin continua a subir, de acordo com dados da BitInfoCharts.

No entanto, Max Keller, desenvolvedor do Dogecoin, confessa que métrica provavelmente não tem muito peso, uma vez que a Altcoin é mesclada com o Litecoin, o que significa que o poder de hashing do Litecoin fornece segurança à rede Dogecoin também.

Keller suspeita que a maioria de mineiros novos para o Dogecoin vêm em do Litecoin (desde que a mineração do Dogecoin não é mais rentável) – não somente porque o preço do Dogecoin caiu, mas também a recompensa de mineração para adicionar um novo bloco caiu para 10.000 moedas, ou cerca de US$ 2.

E este ponto baixo do preço (o preço elevado absoluto do Dogecoin era ao redor 200 satoshis, igual a aproximadamente US$ 0.002), é uma das razões que muitos entusiastas das criptomoedas não acreditam que o Dogecoin seja digno de atenção.

No entanto, a criptografia continua a fornecer valor a um grupo de pessoas que, em conjunto, movimenta entre US$ 50.000 e US$ 200.000 por dia em Dogecoin. E sua equipe de desenvolvimento voluntário de três pessoas continua a acompanhar o projeto, embora apenas em seu tempo livre.

“É um projeto de colagem para nós, um hobby que só podemos fazer de vez em quando”, explicou Ross Nicoll, um desenvolvedor do Dogecoin de 37 anos de idade.

Em uma ótima notícia para os adeptos do DOGE, no entanto, Nicoll disse que é provável que ele tome algum tempo fora de seu dia de trabalho como desenvolvedor de software no consórcio blockchain R3 para trabalhar em um upgrade para o Dogecoin em breve.

Keller também, não desistiu do Dogecoin, acrescentando:

“Quando você faz parte de uma comunidade que é grande por mais de três anos, você fica ligado a isso. Além disso, se você sabe como tudo funciona e se pode, com relativa facilidade aplicar esse conhecimento para uma atualização, ou fornecer algo novo para a comunidade, por que não fazer?”

De acordo com Keller, que também é desenvolvedor de aplicativos móveis para uma ferrovia alemã, a única maneira que ele abandonaria seu papel como desenvolvedor do Dogecoin seria se todo mundo parasse de usá-lo.

Moeda de zumbi

Nisso reside a verdadeira questão de saber se um protocolo de criptocorrência – como outros tipos de software – pode experimentar um verdadeiro tipo de “morte”.

Segundo Nicoll, isso não é uma tarefa fácil. Mesmo o antigo cliente do Dogecoin (atual até um fork em fevereiro 2014) ainda poderia ser usado hoje se dois nós começaram a correr o cliente e fossem capazes de se conectarem uns com os outros.

Com o software certo, eles poderiam minar as transações uns dos outros, colhendo milhares de tokens, embora sem valor.

Criptomoedas são “um pouco como a vida de zumbis”, Nicoll disse. “É muito, muito difícil matar uma criptocorrência.”

Alguns podem chamar uma criptocorrência de sem valor ou de “morta”, mas isso perderia qualquer valor educacional ou de entretenimento que o símbolo poderia fornecer. Por exemplo, Nicoll disse que, mesmo após a bifurcação de 2014, os shibes estavam movimentando a versão antiga da moeda por cerca de cinco ou seis meses.

“Era uma moeda funcional, mas você não podia usá-la em lojas ou em exchanges, não sabemos por que eles estavam fazendo isso, mas eles estavam fazendo a festa”, disse ele.

Mas como você realmente irá matá-lo? O proeminente headshot para uma “moeda zumbi”, de acordo com Nicoll, exigiria a remoção do código original do GitHub, tornando-se extremamente difícil de recriá-lo uma vez que poucas pessoas mantem cópias do material de código-fonte. No entanto, a natureza do software open-source significa que, mesmo sendo raridade, cópias do código ainda podem estar flutuando lá em algum lugar na internet.

De acordo com Gideon Greenspan, fundador e CEO da Coin Sciences, há outra maneira de inibir essas criptos zumbi, que seria tão prejudicial como uma morte pura e simples.

“Quando há uma espiral de diminuição de valor e diminuição da mineração até [a criptografia] se torna muito insegura em termos de prova de trabalho, nesse ponto alguém ataca a criptografia com um ataque de 51%, possivelmente revertendo um longo período de transações aparentemente confirmadas” – disse Greenspan.

Nesse ponto, ele disse:

“A moeda torna-se completamente desacreditada e destituída de valor, já que ninguém pode negociá-la com confiança”.

E mesmo sem ser atacada, uma moeda pode ser desbaratada.

Isso, de acordo com Greenspan, aconteceu com a Mastercoin. Quando o preço da criptocorrência começou a cair, os desenvolvedores pararam de acreditar que estavam trabalhando em um projeto que os enriqueceria no futuro, disse ele. Como resultado, eles despejaram seus Mastercoins, só piorando o efeito.

O resultado é mais uma morte econômica, disse Keller, em vez de uma tecnológica.

Viva, Dogecoin

Como está hoje, o Dogecoin provavelmente não vai ver uma morte tecnológica.

Os desenvolvedores atuais do núcleo são inflexíveis em manter a rede em funcionamento para a comunidade – contanto que existam pessoas que queiram aprender sobre a criptografia através da experimentação ou usuários mais sérios que ainda compram bens e itens digitais no Steam, um mercado para jogos de PC.

Nicoll disse que uma atualização para o Dogecoin provavelmente virá muito em breve, já que o Bitcoin passou por duas ou três atualizações com foco no desempenho e melhorias na interface do usuário desde que o Dogecoin foi atualizado pela última vez em 2015.

“Que possamos conseguir um upgrade que dê mais recompensas do que risco,” disse Nicoll.

Uma atualização que talvez seja improvável que integrar o Dogecoin é a Segregated Witness, uma atualização de escala proposta para a rede Bitcoin. A equipe principal não vê o SegWit como potencialmente benéfico para o Dogecoin, que não tem as mesmas restrições que o Bitcoin, já que sua taxa de liberação é muito mais rápida.

Quanto ao longo período de inatividade no lado do desenvolvimento, Keller apontou para a versão 1.7 lançada no final de 2014, pelo qual a equipe dev procurou abandonar o código antigo em um esforço para trazer estabilidade tecnológica durante um período maior período de tempo.

Embora as melhorias de desempenho provavelmente estejam a caminho através de um soft fork, uma vez que não existe necessidade de um hard fork, como uma ameaça à segurança.

“Tem aquele ditado ‘não se mexe em time que está ganhando’,” disse Keller. “Essa frase se aplica perfeitamente aqui: se o Dogecoin está funcionando bem, e é bem testado, não vejo muitas razões para mexer com ele.”

Como fã assídua do Dogecoin, imploro que façam alguma coisa, não deixem o Doginho morrer, pls!

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

11 comentários sobre: “Dogecoin pode morrer e acabar?

  1. Wilson

    òtima matéria, comecei a pouco mais de 1 mês no mundo das cripto, e por algum motivo tenho me inclinado para o Doge e Bytecoin, minha esperança que um dia ela seja uma Litecoin no mercado, vc sabe alguma coisa de uma moeda chamada “Urcoin” ?

    At

    1. Obrigada pelo elogio Wilson, adorei seu entusiasmo quanto ao Doge e ao Bytecoin, seria uma subida realmente meteórica caso isso ocorresse, só tome cuidado, ok? Quanto à “Urcoin”, o site coinmarketcap só lista uma moeda que parece com isso. Aqui está o link https://coinmarketcap.com/currencies/ur/
      Se for essa, então é legítima, caso contrário é apenas um esquema.
      Tenha cuidado com uma moeda que promete lucros imensos sem dar um site confiável (que você possa verificar) atestando sua legitimidade.
      No mais amigo, fico imensamente feliz que esteja conhecendo as criptomoedas agora, e desejo tudo de bom para essa sua nova aventura!
      Att.
      Chrys.

    2. Mayco F

      Ótimo post !!!

      Também vou apostar em dogecoins e bytecoins vou comprar e esquecer ate 2025 não só apenas essas moedas assim como outras . vou sair dando um tiro no escuro pra todos os lados afinal vale o risco o que posso perder é bem pouco comparado com o que posso ganhar. .
      me indiquem alguma moeda barata que pode ter potencial ha longo prazo ?

      1. Oi Mayco,
        indicação direta não posso te dar, mas vale a pena ficar de olho nas notícias e ver a proposta das moedas. Assim, certamente você encontrará alguma(s) que sejam interessante(s) pra você fazer sua tática de investimento.

  2. Luiz Takara

    Tenho muitos Doge, Byte (e até Cagecoins – risos) são os azarões da minha carteira pois acredito numa virada e disparada num futuro bem distante.

    1. Rafael

      Tambem acredito na valorização do doge. Tenho conta em algumas faucets de DOGE e ultimamente tem subido um pouco o valor, vamos ver se um dia ela chega perto do valor do LTC.

  3. Anderson

    Eu comecei a investir em criptomoedas a 1 ano atrás, e na época eu comprei bitcoin e dogecoin. Tenho milhões de dogecoin, e acredito em sua valorização. Assim como o bitcoin, estou apostando nesta moeda!!
    Não podemos deixar a moeda morrer! temos que divulgar em redes sociais e atrair a atenção das pessoas!

  4. quanto que vale um dogecoin em reais amigos onde crior minha carteira dogecoin por favor.

    1. Caro Lazaro,
      como não creio que exista troca direta entre DOGE e Reais, você então deve calcular com base no BTC. Quanto à carteira, a melhor opção é ir até o site da equipe de desenvolvimento da moeda e selecionar uma dentre as recomendadas.

  5. Olá , tenho algumas doge, onde posso guarda-lás com segurança, acredito que ela irá crescer um dia e valer bastante… no baixo já está, o que subir é lucro… então onde posso guardar com segurança!! vlw aguardo resposta

    1. Caro Rodrigo,
      uma das opções é baixar a carteira recomendada pela equipe do Dogecoin, instala-la e guardar com cuidado a chave privada e seed.

Leave a Comment