O dono do Golden State Warriors: Bitcoin – a melhor ferramenta contra a autocracia

O famoso empresário americano e proprietário do clube de basquete Golden State Warriors, Chamat Paliphapitia acredita que o Bitcoin é o melhor meio contra a autocracia, restrições cambiais e outras formas de destruição de valores.

Publicado em 6 de maio de 2017 por

O famoso empresário americano e proprietário do clube de basquete Golden State Warriors, Chamat Paliphapitia acredita que o Bitcoin é o melhor meio contra a autocracia, restrições cambiais e outras formas de destruição de valores.

Chamat Paliphapitia é ex-vice-presidente do Facebook e, falando sobre o Bitcoin, ele escreveu no Twitter:

Nos comentários para a entrada, lhe foi solicitado que explicasse em 140 caracteres por que o Bitcoin é melhor que o Ethereum e as outras Altcoins. Em resposta ele escreveu:

“’Coca-Cola’ contra ‘Pepsi’. Escolha uma opção que será mais popular e que será utilizada por mais pessoas. Você pode ganhar dinheiro em ambas, mas o que é mais, sempre será melhor”.

Chamat Paliphapitia é fundador da Capital Social, mas também é conhecido por ser admirador do Bitcoin por um longo tempo.

Venture investidor e fundador da Social + Capital Partnership, Chamat Palihapitiya é também conhecido como um fã de longa data de Bitcoin. Em setembro de 2013, a Techcrunch escreveu que o tamanho de seus ativos na Primeira moeda criptográfica da época estava estimado em mais ou menos US$ 5 milhões.

E, embora Chamat Paliphapitia, tenha admitido que o Bitcoin trás certos riscos, ele também anunciou sua intenção de aumentar o total de seus ativos na criptomoeda para algo entre US$ 10-15 milhões.

Publicidade

Em abril, CEO da Blockchain.com, Peter Smith, e o investidor Snapchat, Jeremy Lew, disse que em 2030 o preço de Bitcoin poderia crescer e atingir o valor de US$ 500.000.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment