Representantes da comunidade Ethereum votaram contra o desbloqueio dos 513 mil ETH (US$ 350 milhões) retidos em carteiras Parity. Os fundos foram congelados como resultado de uma vulnerabilidade no contrato inteligente 0x863DF6BFa4469f3ead0bE8f9F2AAE51c91A907b4.

Representantes da comunidade Ethereum votaram contra o desbloqueio dos 513 mil ETH (US$ 350 milhões) retidos em carteiras Parity. Os fundos foram congelados como resultado de uma vulnerabilidade no contrato inteligente 0x863DF6BFa4469f3ead0bE8f9F2AAE51c91A907b4. Isso foi relatado pelo portal TrustNodes.

A votação contou com a participação de 4 milhões de ETH, dos quais 2,19 milhões (55%) votaram contra alterações no protocolo principal do Ethereum, enquanto 1,5 milhões (39,4%) favoreceram o desbloqueio de fundos. 200 mil assumiram uma posição neutra nesta questão.

EIP-999 falha: comunidade Ethereum se recusa a desbloquear US$350 milhões em carteiras Parity. BTCSoul.com

Vale notar que nos últimos 10 minutos da votação, 120 mil ETH votaram a favor, contudo, isso não afetou o resultado, embora na semana passada os apoiantes da proposta EIP-999 do desenvolvedor da Parity, Afri Sredon, tenham conseguindo mudar a situação em seu favor.

A EIP-999 visava introduzir mudanças no protocolo básico do Ethereum, o que permitiria a restauração de contratos que cometeram suicídio.

O preço do Ethereum, por sua vez, demonstra um movimento ascendente, assim como o mercado de criptomoedas em geral. Apenas no último dia, a taxa média ponderada do Ethereum cresceu em cerca de 6,9%.

EIP-999 falha: comunidade Ethereum se recusa a desbloquear US$350 milhões em carteiras Parity. BTCSoul.com

Vale ressaltar que anteriormente, 34 mil vulnerabilidades foram descobertas em contratos inteligentes baseados na Blockchain do Ethereum.