Empresários chineses propuseram abrir um centro de mineração no Cazaquistão

Os mineradores da China podem levar suas fazendas para a região de Pavlodar no Cazaquistão. Representantes de empresas chinesas de mineração dirigiram-se ao chefe da região, Bulat Bakauov, com essa oferta.

Publicado em 22 de setembro de 2017 por

Os mineradores da China podem levar suas fazendas para a região de Pavlodar no Cazaquistão. Representantes de empresas chinesas de mineração dirigiram-se ao chefe da região, Bulat Bakauov, com essa oferta. Isso foi informado no site oficial da região.

Segundo os empresários chineses, o preço da eletricidade na região Pavlodar é seis vezes menor do que na China.

Publicidade

Publicidade

Empresários chineses propuseram abrir um centro de mineração no Cazaquistão. BTCSoul.com

“Para criar um hub de mineração, temos um data center. O consumo anual de eletricidade do hub é de mais de 300 milhões kWh/h”, disse o porta-voz dos empresários, Dwan Joo Nee.

Por sua vez, Bulat Bakauov confirmou que a região possui capacidade técnica de fornecer a quantidade necessária de eletricidade, mas sugeriu que a proposta seja mais detalhada, e que deve também levar em consideração a legislação do Cazaquistão.

“A produção de moeda criptográfica para o Cazaquistão é um fenômeno bastante novo”, ressaltou o chefe da região Pavlodar.

Como esperado, e afirmado por nós varias vezes, a indústria não vai parar, nem as ICOs nem a mineração. Assim como a agua, a indústria procura o caminho mais “fácil”, o que na pratica significa escolher um país mais acolhedor. Uma coisa é certa, essas pessoas não abandonarão seus negócios ou projetos pela simples vontade de um governo.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment