Empresas de seguros entram na onda blockchain

Cinco grandes empresas de seguros europeus fizeram uma parceria em uma nova iniciativa blockchain, buscando um potencial novo caminho para a entrega mais rápida e segura para seus clientes .

O projeto, chamado de Iniciativa Blockchain para Indústria de Seguros, ou B3i, visa proporcionar um ponto de encontro entre as empresas, essa troca de ideia deve modificar e aprimorar a forma como os seguros são feitos hoje. As empresas que participam são Allianz, Aegon, Munich Re, Swiss Re e Zurich, constituindo algumas das maiores empresas do ramo na região. 

Aqueles que apoiam o esforço B3i dizer que poderia levar a novas maneiras de fazer negócios. Mark Bloom, diretor de tecnologia da Aegon, disse em um comunicado:

“Queremos estar no centro destes desenvolvimentos e ver a Blockchain como um dos catalisadores potenciais para a mudança. Ao criar parcerias e fazer investimentos estratégicos podemos chegar a soluções mais inteligentes em conjunto com os nossos clientes”.

Para Allianz, que explorou aplicações para a troca de títulos de catástrofe e tem trabalhado com startups do ramo através de seu acelerador de FinTech, a tecnologia oferece um meio para aumentar a transparência para os seus clientes.

“Esta iniciativa, permitirá modelos operacionais alternativos baseados na tecnologia Blockchain, ela pode nos ajudar a aumentar a transparência e a eficiência, e assim melhorar e oferecer uma melhor experiência aos nossos clientes”, disse COO Christof Mascher Allianz Grupo em um comunicado.

As empresas envolvidas disseram que esperam que outras empresas na indústria de seguros e resseguros se juntem à iniciativa. O objetivo, de acordo com declarações, é avançar casos de uso “ao longo de toda a cadeia de valor de seguro”.