Especialistas: com a proibição da mineração, o Cazaquistão perderá sua atratividade de investimento

A comunidade de criptomoedas do Cazaquistão estava cautelosa com as notícias sobre a futura proibição legislativa da mineração de Bitcoin e de outras atividades em criptomoedas, conforme decidido pelo Banco Nacional. A Associação Nacional para o Desenvolvimento de Blockchains e Tecnologias Criptográficas acredita que as medidas propostas são "excessivamente conservadoras e contrárias à prática mundial",

Publicado em 2 de Abril de 2018 por

A comunidade de criptomoedas do Cazaquistão estava cautelosa com as notícias sobre a futura proibição legislativa da mineração de Bitcoin e de outras atividades em criptomoedas, conforme decidido pelo Banco Nacional. A Associação Nacional para o Desenvolvimento de Blockchains e Tecnologias Criptográficas acredita que as medidas propostas são “excessivamente conservadoras e contrárias à prática mundial”, assim como relata a edição local do 365 Info.

Em particular, o presidente da associação, Alan Dordzhiev, alega que é necessário abordar com cautela as proibições de questões relacionadas às avançadas áreas do desenvolvimento tecnológico.

“Tal abordagem pode prejudicar a atratividade de investimentos no país, sem mencionar o risco de fuga de capitais para países onde a atitude em relação à Blockchain e às tecnologias de criptografia sejam mais sensatas”, resumiu ele.

Dordzhiev ressaltou que um grande excedente de eletricidade no Cazaquistão e uma baixa tarifa sobre ela causa interesse entre as grandes empresas de informática que desejam investir na construção de data centers no país.

“No entanto, as medidas de regulamentação oferecidas pelo Banco Nacional levarão à perda por parte do país da oportunidade de se tornar um dos centros de computação do mundo”, enfatizou o presidente da associação.

Em geral, de acordo com Alan Dordzhiev, a posição do Banco Nacional é contrária ao pedido do chefe de Estado Nursultan Nazarbayev de desenvolver a tecnologia de Blockchain.

“Acreditamos que é necessário utilizar ativamente a experiência estrangeira. Além disso, existem países que regulam sistematicamente a Blockchain há vários anos. Essa tecnologia é uma oportunidade para o nosso jovem Estado”, concluiu Dordzhiev.

Note que no final de março, o Banco Nacional do Cazaquistão preparou emendas à legislação que visa enrijecer a regulamentação do volume de negócios de Bitcoin e outras moedas criptográficas no país. Em particular, o regulador pretende proibir a compra e venda por tenge, a atividade de corretoras neste segmento, bem como qualquer tipo de mineração.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Publicidade

Publicidade

Leave a Comment