Establishment ou cliente o que realmente é protegido pela AML?

No entanto, um aspecto mais importante que isso traz a tona, onde realmente é proteção ao usuário e onde é proteção ao establishment, essa é uma pergunta interessante que carece de uma resposta.

Publicado em 11 de fevereiro de 2017 por

Uma decisão pouco comum causou uma queda de 9% no valor do Bitcoin, essa queda foi causada pelo anuncio da Okcoin e da Huobi, de que suspenderão as retiradas por um mês, o anuncio veio logo depois de uma diretiva do PBOC para que elas melhorem seus sistemas AML (Anti-monopoly Law). O Bitcoin que estava sendo negociado por 1060 dólares caiu para 959 dólares no valor global.

Provavelmente, as exchanges tenham mantido seus clientes no escuro para impedir retiradas maciças e o pânico que sempre ocorre quando as pessoas se lembram, e elas sempre se lembram nessas ocasiões da MTGox, uma retirada tão volumosa poderia levas ambas ao caos.

Publicidade

Publicidade

“É como quando uma bolsa de valores interrompe a negociação para evitar um colapso irrecuperável”, diz Michael Vogel, CEO da Netcoins.

AML ou proteção ao consumidor?

Este desenvolvimento deixou um sabor amargo na boca dos usuários de sua plataforma. No entanto, um aspecto mais importante que isso traz  a tona, onde realmente é proteção ao usuário e onde é proteção ao establishment, essa é uma pergunta interessante que carece de uma resposta.

Simon Dixon, CEO BnkToTheFuture.com disse que muitas vezes os reguladores escolhem sistemas de contra fraudes de dinheiro à custa da proteção do consumidor e a KYC é que escolhe a ação a ser tomada.

Dixon diz que, para evitar a lavagem de dinheiro, os reguladores exigem que as empresas armazenem documentos confidenciais para os clientes, colocando o cliente em risco de roubo de identidade e expondo-os a hackers, o que é o oposto da proteção ao consumidor.

“Reguladores muitas vezes escolhem evitar as fraudes de dinheiro ao invés da proteção ao consumidor, e este é um exemplo”, diz Dixon. “Os clientes não podem acessar seus fundos porque os reguladores escolheram se defenderem de fraudes de dinheiro no lugar de protegerem os consumidores. Se estivéssemos apenas pensando em proteção ao consumidor, fica claro que esta é uma má ideia, pois com essa decisão estamos impedindo que os clientes tenham acesso a seu dinheiro”.

Dixon descreve este desenvolvimento como outro obstáculo na história do Bitcoin, mas nada que o faça perder sua utilidade como um fundo de reserva, e mesmo como um veiculo de transferência rápido e seguro.

Bitcoin não é estoque

Vogel expressa surpresa quanto à forma como estas empresas foram capazes de manter esta suspensão em segredo “seria interessante ver quantos de seus próprios funcionários fizeram saques antes do anúncio”, diz ele.

Depois de comparar a situação de quando uma bolsa de valores interrompe a negociação para evitar um colapso irrecuperável, Vogel observa que a entidade aqui é o Bitcoin e não ações e o espírito do bitcoin é que ele não deve ser controlável por um terceiro desta forma.

Vogel também explica que quase todos os incidentes negativos relacionados ao Bitcoin tem a ver com a confiança de terceiros, na maioria das vezes é uma exchange, e o incidente sempre lembrado é o da Mt Gox.

Vogel conclui:

“É por isso que os caixas eletrônicos e transações pessoais de Bitcoin continuam a prosperar em níveis recorde e onde os mercados são afetados pela OkCoin e pela Huobi. Eu não acho que vamos ver uma diminuição no volume de comércio, ele vai apenas passar para as ATMs e mercados em pessoais. Eu continuo otimista com o preço da Bitcoin. “

Publicidade

Publicidade

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment