Estado do Colorado propõe uso de Blockchain para proteção de dados pessoais

O Senado do Colorado pode usar a tecnologia do registro distribuído para proteger os dados pessoais dos cidadãos de ataques de hackers. Isto foi registrado em um projeto de lei introduzido no 16 de janeiro.

Publicado em 19 de Janeiro de 2018 por

O Senado do Colorado pode usar a tecnologia do registro distribuído para proteger os dados pessoais dos cidadãos de ataques de hackers. Isto foi registrado em um projeto de lei introduzido no 16 de janeiro.

De acordo com o texto do documento, a Blockchain permitirá abandonar os transportadores de papel, resolver o problema da coleta e armazenamento de informações pelos órgãos estaduais e também protegê-las de vazamentos.

“No ano passado, cerca de seis a oito milhões de tentativas de quebrar as plataformas digitais governamentais foram registradas. Alguns dos registros armazenados não estão protegidos contra ataques de hackers. Para evitar novas ameaças de roubo de identidade, é necessário fortalecer a proteção contra esse tipo de atividade – inclusive com a ajuda de tecnologia de Blockchain”, certificam os analistas.

Além disso, supõe-se que a tecnologia de registro distribuído libertará os cidadãos da necessidade de presença pessoal em instituições governamentais ao fazer alterações em seus dados.

Lembre-se de que o presidente dos EUA, Donald Trump, posicionou custos de pesquisas sobre a tecnologia de Blockchain no orçamento de defesa do país para o ano fiscal de 2018.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment