Ontem, dia 11 de dezembro, o bloco número 5.000.000 foi minerado pela rede Ethereum Classic e com ele, o hard fork planejado foi implementado com sucesso.

Ontem, dia 11 de dezembro, o bloco número 5.000.000 foi minerado pela rede Ethereum Classic e com ele, o hard fork planejado foi implementado com sucesso.

Assim, graças à implementação da proposta ECIP 1017, a oferta total prevista de moeda criptográfica será limitada a 210 milhões de moedas – ao invés das 230 milhões anteriormente previstos. A redução da oferta será alcançada através da implementação do modelo deflacionário da política monetária. O último implica uma redução de 20% na recompensa da Blockchain agora e, em seguida, a cada 5.000.000 unidades subsequentes extraídas.

Atualmente, a taxa de produção é de 250.000 blocos em cerca de 40 dias. Assim, com o mesmo nível de complexidade da rede, a próxima redução do prêmio em 20% deverá ocorrer em aproximadamente dois anos.  

De acordo com os desenvolvedores do Ethereum Classic, esse modelo monetário é ótimo, pois exclui a incerteza associada às “metades” e torna a emissão da moeda mais estável. Isso, na opinião da equipe, deve afetar favoravelmente o valor cambial da moeda no futuro.

Às vésperas do hardfork, o Ethereum Classic (ETC) mostrou crescimento constante, o que permitiu que a criptomoeda voltasse ao top 10 da Coinmarketcap.