Ethereum (ETC) Investment Trust (EIT ), se a moda pega!!

"O Ethereum (ETC) Investment Trust permite que os investidores ganhem exposição ao movimento de preços do Ethereum Classic através da compra de um título de segurança".

Publicado em 25 de janeiro de 2017 por

O Digital Grayscale da Digital Currency Group anunciou recentemente o Ethereum (ETC) Investment Trust ou EIT. Barry Silbert, CEO e fundador do Digital Currency Group (DCG) é o homem por trás desse esforço. No site da Grayscale, a descrição da confiança é:

“O Ethereum (ETC) Investment Trust permite que os investidores ganhem exposição ao movimento de preços do Ethereum Classic através da compra de um título de segurança”.

Publicidade

Publicidade

O que há em um nome?

O problema parece ser o uso da palavra “Ethereum” em nome do EIT. Enquanto a fundação Ethereum é titular da marca Ethereum, a moeda se dividiu em Ethereum Classic (ETC) e Ethereum (ETH) após o incidente do The Dao em junho de 2016.

EIT também tem um twitter @EthereumTrust, que só tem um tweet “Hello World” até à data. A descrição do identificador do twitter diz:

“O Ethereum (ETC) Investment Trust será um fundo aberto de confiança exclusivamente investido e derivando sobre o valor do preço do Ethereum Classic”.

Desde que a criação do Twitter e o nascimento da proposta, houve alguma controvérsia em relação ao uso da palavra Ethereum. A Fundação Ethereum ainda não se pronunciou sobre a questão.

EIT não foi lançado ainda, aguardando o limite exigido

O Ethereum (ETC) Investment Trust é uma ideia interessante e é modelado após a concepção do Grayscale Bitcoin Investment Trust, que se comporta como um veículo de investimento tradicional sem que os investidores tenham que tomar medidas de logística de compra, armazenamento ou custódia do Bitcoin.

Em uma conversa, Barry Silbert, CEO e Fundador da Grayscale, fala sobre os prós e contras do EIT e ele revela:

“O ETC Trust está sendo feito nos moldes do Bitcoin Investment Trust. O plano atual é lançar no primeiro trimestre e o Fundo estará aberto a investidores credenciados por meio de uma colocação privada em andamento. No entanto, não vamos lançar o produto até que a política monetária do ETC seja finalizado.”

Muito barulho por nada

Parece que o uso do nome Ethereum desnecessariamente irritou algumas pessoas.

Em primeiro lugar, não existe Fundo algum até o momento, então não há nada para nomear ou renomear como tal em primeiro lugar.

Em segundo lugar, as descrições que foram colocadas on-line indicam claramente que a moeda a que os investidores estariam expostos seria o ETC. Não há dúvidas sobre isso, logo não há como enganar ninguém.

Barry realmente não queria comentar sobre a questão do nome, mas ele disse:

“Eu não vou comentar sobre o assunto de nomeação, mas posso garantir que para qualquer investidor do ETC Trust estará 100 por cento claro que eles estão investindo em Ethereum Classic, não em ETH.”

ETC está tomando uma nova direção

Assim que a nova política monetária for implantada, a qual define uma limitação rígida à emissão de ETCs, a criptocorrência será redefinida, sendo definitivamente separada de sua cadeia parente, o ETH. É interessante ver que o ETC está recebendo apoio do Grayscale e por empresas na China como o BTCC.

Chandler Guo prometeu apoio à ETC e anunciou planos para criar 100 DApps no Ethereum Classic. Ele também anunciou o lançamento de um Fundo de Investimento Anjo em ETC em seu site:

“Eu, Chandler Guo, estou oficialmente lançando um Fundo de Investimento Anjo em ETC. O montante mínimo de investimento é de 10.000 ETC. A angariação termina em 10.000.000 ETC.”

Parece que o ETC chegou para ficar, em seus próprios termos e tem o apoio de tanto de investidores quanto de pessoas comuns. Toda a comoção e controvérsia sobre o nome Ethereum é sem sentido e apenas cria burburinho que morrerá aos poucos.

Publicidade

Publicidade

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment