Ethereum torna-se líder da classificação de criptomoedas do governo chinês

A polícia da cidade de Tianjin, no nordeste da China, deteve uma pessoa suspeita de roubo de eletricidade para mineração de Bitcoin. No que diz respeito a isso, mais cinco pessoas estão sendo investigadas.

Publicado em 19 de Maio de 2018 por

Pesquisadores do Centro para o Desenvolvimento da Indústria de Tecnologia da Informação da China, em sua primeira classificação de criptomoedas, concederam 13º lugar ao Bitcoin, estabelecendo o Ethereum como líder.

No total, os pesquisadores examinaram 28 criptomoedas, que foram avaliadas por critérios como “tecnologia”, “aplicação” e “inovação”.

O Ethereum, apesar de seus altos índices nos três critérios, não se tornou líder absoluto em nenhum dos campos.

Ultrapassando o ETH no campo da “tecnologia” e em segundo lugar, encontra-se a criptomoeda Steem – as autoridades chinesas elogiaram o número de transações processadas pela plataforma de mesmo nome.

O terceiro e quarto lugares foram ocupados por Lisk e NEO, respectivamente, e a lista TOP-5 foi encerrada pelo Komodo.

O Bitcoin compartilhou o 13º lugar com o Verge. Pesquisadores homenagearam a Primeira Moeda como pioneira no mundo dos ativos digitais, dando a maior marca de inovação a ela, contudo, consideraram o “ouro digital” tecnologicamente fraco.

Ethereum Classic, Ripple, Dash, Litecoin e NEM não ganharam pontos suficientes para serem incluídos na classificação principal e ocuparam lugares entre o 16º e o 28º.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment