Europol avisa sobre papel crescente de Zcash, Monero e Ether no cibercrime

O Serviço de Polícia da União Européia, Europol, publicou um relatório anual sobre cibercrime, que relata um aumento no uso das criptomoedas Zcash, Monero e Ether na implementação de transações ilegais na rede Darknet

Publicado em 4 de outubro de 2017 por

O Serviço de Polícia da União Européia, Europol, publicou um relatório anual sobre cibercrime, que relata um aumento no uso das criptomoedas Zcash, Monero e Ether na implementação de transações ilegais na rede Darknet. Isto foi relatado pela revista Fork Log com referência ao relatório IOCTA 2017 elaborado pela Europol.

Conforme observado no documento, apesar do uso generalizado do bitcoin por cibercriminosos, várias moedas alternativas estão rapidamente ganhando popularidade no underground digital, incluindo Ethereum e Zcash. Em seu documento analítico, a Europol marcou especialmente a criptomoeda Monero (XMR), cuja popularidade é devida, em grande parte, a “funções adicionais de segurança e confidencialidade”.

Publicidade

Publicidade

“As transações não podem ser atribuídas a nenhum usuário ou endereço específico. Todas as moedas usadas numa transação estão ocultas por padrão, e os históricos de pagamentos permanecem confidenciais”, diz o documento.

O relatório da Europol fala sobre a popularidade crescente das criptomoedas em mercados anônimos da rede Darknet, e o criptógrafo Kirk, que pede resgate em Monero, também é mencionamdo. O documento também diz que as plataformas da Darknet podem ser criadas com base na Blockchain do Ethereum, e os contratos inteligentes podem ser usados para pagar por bens ilegais.

Quanto à criptomoeda Zcash, a Europol não menciona casos específicos de uso ilegal. Ao mesmo tempo, devido à confidencialidade e à capacidade de “esconder tanto o destinatário da transação como o valor”, há um interesse crescente entre os mercados da Darknet para essa criptomoeda anônima.

No entanto, deve-se notar que, contrariamente à posição da Europol, o projeto Zcash é um parceiro do The Blockchain Alliance fórum, no qual um dos principais objetivos é combater o cibercrime e a distribuição de software malicioso.

Lembramos que, no mercado Alphabay – que foi encerrado graças aos esforços dos agentes da lei – transações foram feitas com pagamentos em Bitcoins, Ethereum, Monero e Dash. Em maio deste ano, pouco antes de fechar, o maior mercado da Darknet planejava adicionar suporte para a criptomoeda Zcash.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment