Europol prende hackers que vendiam malware por bitcoins

O Serviço de Polícia da União Européia, Europol, publicou um relatório anual sobre cibercrime, que relata um aumento no uso das criptomoedas Zcash, Monero e Ether na implementação de transações ilegais na rede Darknet

Publicado em 25 de abril de 2017 por

Os responsáveis pela aplicação da lei no Reino Unido e na Espanha, liderados pela Europol e pelo grupo conjunto contra a cibercriminalidade (J-CAT), neutralizaram um grupo de criminosos internacionais envolvidos no desenvolvimento de software malicioso, que vendiam seu “programa” por Bitcoins. Isso é relatado pela publicação Threatpost.

Os cibercriminosos desenvolveram malwares, que incluíam trojans e keyloggers RAT. Esses programas maliciosos foram vendidos por Bitcoins em fóruns de hackers. Um total de cinco pessoas foram detidas (três na Espanha e duas no Reino Unido). Durante a operação foram apreendidos equipamentos de informática e equipamentos para a mineração de criptomoedas.A investigação vem sendo conduzida desde 2015.

Publicidade

Publicidade

Foi relatado que os cibercriminosos estavam operando desde meados de 2013 e, acordo com os agentes de policia, eles conseguiram ganhar uma quantia considerável de dinheiro.

Entendendo a ameaça mais a fundo

O Trojan RAT é um dos programas maliciosos mais perigosos que existe, ele permite que um atacante ganhe não só acesso a um computador infectado, mas também obtenha controle completo sobre ele.

Se um trojan RAT for implementado no computador da vítima, o cibercriminoso pode controlar remotamente as ações do usuário, instalar keyloggers, executar arquivos arbitrários, ligar a webcam e executar uma variedade de ações maliciosas sem o conhecimento do usuário.

Publicidade

Publicidade

De acordo com um relatório da Europol, que fez uma avaliação das ameaças via internet, o numero de crimes cometidos com a ajuda de programas de extorsão, como o ransomware, ultrapassou outras formas de fraude online.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment