FantomCoin – moeda virtual de mineração combinada

A FantomCoin (FCN) é a primeira moeda virtual a suportar mineração combinada. Isso significa que os mineiros podem minerá-la com qualquer outro par de criptomoeda, que seja par da FCN, sem a necessidade de ter que dedicar recursos e poder extra de hashing.

Publicado em 27 de setembro de 2018 por

FantomCoin

A FantomCoin (FCN) é a primeira moeda virtual a suportar mineração combinada. Isso significa que os mineiros podem minerá-la com qualquer outro par de criptomoeda, que seja par da FCN, sem a necessidade de ter que dedicar recursos e poder extra de hashing. Entre os pares do Miner Gate com os quais a FCN pode ser mesclada estão: ByteCoin (BCN); Monero (XRM); e QuazarCoin (QCN).

Além do mais, na contramão de outras moedas virtuais, a FCN não exige mineração de GPU. Portanto, qualquer usuário com pode extrair FCN usando os recursos da CPU.

Algumas características da FantomCoin

  • Transações não rastreáveis

Baseadas nos princípios da moeda Monero, com a qual compartilha o princípio de transações anônimas, as FCN possui um modelo de transações não rastreáveis.

  • Baixas Taxas

As taxas de transação da FCN são consideradas muito baixas, sobretudo se comparadas à taxas de outras criptomoedas, como o Bitcoin, por exemplo. A taxa de transação é de 1 FCN.

Progresso da FantomCoin no mercado

A FantomCoin foi lançada no dia seis de junho de 2014, e desde então vem sendo negociada no mercado.

Após um breve mergulho inicial bastante comum, a FCN assumiu uma forte tendência de alta ainda em junho, quando no seu maior topo nesse período chegou a ser negociado por mais US$ 1. A partir de então assumiu uma tendência de baixa e posteriormente se manteve estável abaixo dos US$ 0,01. Em pouco momentos nesse período a moeda chegou a patamares mais altos.

Em maio do ano passado, em uma nova movimentação mais forte que perdurou até julho, a moeda oscilou bastante, mas voltou ao patamar entre US$ 0,35/ US$ 0,61.

Contudo, foi no início deste ano que a FCN atingiu seu maior pico. Em janeiro de 2018, como a maioria das criptomoedas, a FCN chegou ao seu maior valor, quando chegou a ser negociada por US$ 2,93. De lá para cá, os valores caíram consideravelmente. Segundo o CoinGecko, a desvalorização até momento dessa redação chegou a cerca de 82% e estava sendo cotada a US$ 0,5156.

Apesar da queda brusca desde o pico, a moeda acumula alta de 12,1% nos últimos 14 dias (período de 13/07 até 19/07). Nos últimos 30 dias, a alta é ainda maior, chegando ao patamar de 47,9%.

Um ponto que vale ser mencionado está relacionado ao volume de negociação. No último mês, a moeda atingiu seus maiores picos em termos de negociações no mercado desde o seu lançamento.

Onde comprar FCN?

De acordo com dados do CoinMarketCap, atualmente circulam no mercado 7.272.036 FCN. As moedas virtuais FantomCoin podem ser negociadas principalmente pela exchange HitBTC.

Além disso é possível acompanhar uma lista com mais informações a respeito das exchanges e negócios pelo link: https://coinmarketcap.com/pt-br/currencies/fantomcoin/#markets

Para saber mais sobre a FCN você pode acessar o site oficial da criptomoedas. No site estão disponíveis maiores informações a respeito da criptomoedas e do modelo de mineração. Além disso, estão disponíveis também links para downloads do programa de mineração compatíveis com Linux, Windows e Mac.

 

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment