FinCEN obriga seguradoras a relatar transações criptomonetárias

A Financial Crimes Enforcement Network (FinCEN) obrigou as instituições financeiras dos EUA a fornecer informações sobre transações imobiliárias adquiridas com criptomonetárias.

Publicado em 3 de dezembro de 2018 por

A Financial Crimes Enforcement Network (FinCEN) obrigou as instituições financeiras dos EUA a fornecer informações sobre transações imobiliárias adquiridas com criptomonetárias.

Em particular, os requisitos afetam empresas que asseguram direitos de propriedade – elas foram obrigadas a divulgar dados de clientes e transações superiores a US$300 mil ao comprar propriedades em áreas de Nova York, Flórida, Califórnia, Texas e Havaí.

Além das compras com moeda virtual, a FinCEN tem a obrigação de informar sobre transações usando dinheiro, cheques ou ordens de pagamento.

Vale ressaltar que em agosto, o diretor da FinCEN anunciou que seu departamento recebe mais de 1,5 mil relatórios envolvendo atividades suspeitas relacionadas a criptomoedas todos os meses.

Por fim, em outubro, representantes da FinCEN anunciaram que todos os anos, residentes do Irã realizam transações de Bitcoin no total de US$3,8 milhões para fins “maliciosos”.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment