FINRA pede a corretores que forneçam informações sobre atividade critográfica   

Legisladores dos EUA tentam proteger os usuários de Bitcoin

Publicado em 9 de julho de 2018 por

No dia 6 de julho, a Agência de Regulamentação de Instituições Financeiras (FINRA), que é uma organização auto-reguladora para a indústria de corretagem, solicitou um relatório sobre o envolvimento de todas as empresas participantes na esfera de criptografia.

A FINRA quer saber se a empresa negocia com criptomoedas, se pretende negociar algum dia, se as aceita como pagamento de clientes, se administra fundos ou presta serviços de consultoria nesta área. A organização não ignorou a questão da mineração.

“Até 31 de julho de 2019, pedimos a cada empresa que relate o trabalho ou a intenção de trabalhar com ativos digitais”, disse o comunicado do FINRA.

Vale destacar que o comunicado, no momento, não é algo obrigatório – é apenas uma pesquisa de atividades de corretagem que visa combater a fraude.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment