A britânica Calastone, especializada na gestão de fluxos de investimento, anunciou a transição de seu sistema de liquidação para a Blockchain. Isso deve ocorrer em maio de 2019.

A britânica Calastone, especializada na gestão de fluxos de investimento, anunciou a transição de seu sistema de liquidação para a Blockchain. Isso deve ocorrer em maio de 2019. A empresa fintech espera que a tecnologia ajude a reduzir os custos de bilhões de dólares no setor de assentamentos globais. As informações são da Reuters.

A Calastone fornece serviços de avaliação/gerenciamento de risco, infraestrutura de TI e soluções de pagamento para mais de 1,7 mil empresas, incluindo a JP Morgan Asset Management, a Schroders e a Invesco.

Todos os meses, essas organizações trocam 9 milhões de mensagens e executam transações que totalizam US$217 bilhões através da rede Calastone. No momento, eles usam três tipos de mensagens: para criar pedidos, confirmar preços e confirmar o recebimento.

Com base no relatório da Deloitte, especialistas da Calastone afirmaram que a Blockchain é capaz de reduzir os custos anuais do setor de liquidação global em US$4,3 bilhões.