Uma das maiores corretoras de criptomoedas do Brasil, a Foxbit, perdeu 30 Bitcoin por conta de um bug que permitiu que seus usuários duplicassem suas moedas. Uma vez que o problema foi descoberto, a plataforma começou a manutenção de emergência e foi desligada por mais de 72 horas.

Uma das maiores corretoras de criptomoedas do Brasil, a Foxbit, perdeu 30 Bitcoin por conta de um bug que permitiu que seus usuários duplicassem suas moedas. Uma vez que o problema foi descoberto, a plataforma começou a manutenção de emergência e foi desligada por mais de 72 horas.

No decurso das obras técnicas, conforme relatado pelo CEO Foxbit, João Canhada, alguns dados foram perdidos ou danificados, sendo que no dia 14 de março, a plataforma deve voltar a operar de forma regular.   

“Todas as instalações do usuário estão seguras. Alguns clientes já retornaram os Bitcoin duplicados. No caso de situações tão imprevistas, temos um fundo especial para cobrir os custos. Nossa plataforma não foi pirateada e ninguém roubou os fundos”, afirmou Canhada.

Ainda não está claro quantos Bitcoin já foram devolvidos, mas os representantes da corretora garantiram aos usuários que o incidente não afetará, de modo algum, seu futuro funcionamento.