Fundstrat calcula preço do Bitcoin em US$36 mil até o final de 2019

A agência analítica Fundstrat Global Advisors LLC publicou um relatório sobre a dinâmica da indústria de mineração de Bitcoin. Especialistas da organização chegaram à conclusão de que o ponto de equilíbrio da mineração é um nível de suporte confiável e de longo prazo para o preço da Primeira Moeda.

Publicado em 11 de Maio de 2018 por

A agência analítica Fundstrat Global Advisors LLC publicou um relatório sobre a dinâmica da indústria de mineração de Bitcoin. Especialistas da organização chegaram à conclusão de que o ponto de equilíbrio da mineração é um nível de suporte confiável e de longo prazo para o preço da Primeira Moeda.

A trajetória de crescimento da infraestrutura de mineração, segundo analistas, permite determinar, de forma aproximada, o preço do Bitcoin no final de 2019 em um valor próximo a US$36 mil – cerca de 1,8 vezes o provável ponto de equilíbrio nesse momento.

A Fundstrat está convencida de que o preço do Bitcoin será fixado na região de US$36 mil após flutuações na faixa entre US$20 mil e US$64 mil. Os cálculos dos analistas baseiam-se na dinâmica do hash.

Representantes da agência também acrescentaram que o crescimento das tarifas de energia elétrica está gradualmente diminuindo, sendo que o equipamento de mineração tem melhorado bastante na questão de eficiência, o que tem um efeito favorável sobre a indústria como um todo.

Vale ressaltar que a Fundstrat lançou cinco índices adicionais de preços para investidores em criptomoedas: Commodities, Platforms, Privacy, Exchanges e Stablecoins. Esses índices, de acordo com a organização, incluem 75% da capitalização total do mercado de criptomoeda.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment