German Gref: Os maiores temores dos bancos são os Hackers e o Bitcoin

No dia 13 de julho, durante o Congresso Financeiro Internacional em São Petersburgo, Rússia, o presidente do conselho do Sberbank, German Gref, disse que os hackers e o Bitcoin são os principais medos dos banqueiros russos (talvez de todo o mundo), uma vez que o primeiro quer prejudicar a estabilidade do setor bancário, enquanto o último pode representar uma séria concorrência para as instituições. Isto foi relatado pela Rossiyskaya Gazeta.

Publicado em 14 de julho de 2017 por

No dia 13 de julho, durante o Congresso Financeiro Internacional em São Petersburgo, Rússia, o presidente do conselho do Sberbank, German Gref, disse que os hackers e o Bitcoin são os principais medos dos banqueiros russos (talvez de todo o mundo), uma vez que o primeiro quer prejudicar a estabilidade do setor bancário, enquanto o último pode representar uma séria concorrência para as instituições. Isto foi relatado pela Rossiyskaya Gazeta.

“Nós vemos que hoje a agressividade e a sofisticação de nossos rivais estão crescendo todos os dias. Esse é um grande problema, e é por esses motivos que todos nós deveríamos cooperar, porque nenhum de nós sozinho pode construir os contornos da segurança cibernética nacional. Este é provavelmente o medo mais importante”, ele disse.

Publicidade

Publicidade

Depois disso, Gref nomeou o segundo medo dos banqueiros – “explosões tecnológicas, como o Bitcoin”.

Notemos que Herman Gref é um dos adeptos mais ativos da tecnologia blockchain e das criptografias na Rússia. No final de junho deste ano, ele disse que a inteligência artificial e a blockchain não deixarão espaço para os bancos na economia mundial futura.

Já o banco Morgan Stanley tem uma conversa diferente

De acordo com uma pesquisa divulgada por um grupo de analistas na principal empresa global de serviços financeiros, liderada por James Faucette, eles afirmaram que “a aceitação do Bitcoin está reduzida a praticamente zero”.

Publicidade

Publicidade

Segundo as pesquisas do Business Insider, o numero de comerciantes que aceitam Bitcoins como forma de pagamentos caiu em quase 50% de 2016 para 2017. Segundo eles, essa queda foi causada pelo aumento no valor do Bitcoin. Parece que as pessoas hoje estão guardando Bitcoins e não usando-o como forma de pagamento.

Conclusão

Afirmar que a aceitação do Bitcoin é de quase zero, é algo no mínimo irresponsável, ainda mais para pessoas que mexem com economia e finanças. Antes dizerem isso, deveriam mencionar que o Bitcoin está sendo guardado como um ativo que pode valorizar muito.

Um fato é simples: ninguém anda por ai com uma barra de ouro para pagar contas, mas ninguém diz que o índice de aceitação do ouro é zero. Nesse caso, ficam questões sobre a tendenciosidade do banco em suas conclusões, e isso pode ser reflexo do medo citado pelo diretor do Sberbank.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment