Goldman Sachs: preço do Bitcoin alcançará marca de US$ 8.000

A Goldman Sachs não exclui o lançamento de uma nova opção de negociação destinada ao Bitcoin e outras moedas digitais. Como resultado, o banco americano pode se tornar o primeiro representante de Wall Street a entrar diretamente no mercado de criptomoedas

Publicado em 7 de novembro de 2017 por

Sheba Jafari, chefe do departamento de desenvolvimento tecnológico do banco de investimentos Goldman Sachs, informou aos clientes da organização que o Bitcoin tentará conquistar a marca de US$ 8.000, conforme relatado pelo Business Insider.

“O Bitcoin excedeu as expectativas da previsão de julho, deixando para trás a marca mínima de US$ 6.044. Isto poderia dar início a um avanço impulsivo para a área de US$7.941. Este é o objetivo mínimo da terceira onda [conforme Elliott], na qual o preço poderá parar e fazer uma correção”, escreveu Jafari em seu apelo aos clientes.

Publicidade

Publicidade

De acordo com o site analítico Coinmarketcap, o preço do ouro digital no momento da redação era de US$7.239. Em 2017, a Primeira Moeda cresceu mais de 600%.

Lembramos que, na última semana o bitcoin repetidamente atualizou altos históricos, conquistando marcas acima de US$7.000.

Thiago
Thiago é co-fundador e o suporte técnico, famoso faz-tudo, por trás do BTCSoul. Para ele o interesse nas criptomoedas, Blockchain e Bitcoin se encontra também em seu código.

Leave a Comment