O Departamento de Imposto Australiano (DIA) advertiu criptoinvestidores sobre a aparição de scamers, que, sob o disfarce de funcionários do serviço fiscal, exigem pagamentos de falsos impostos para operações com Bitcoins e outras criptomoedas.

O Departamento de Imposto Australiano (DIA) advertiu criptoinvestidores sobre a aparição de scamers, que, sob o disfarce de funcionários do serviço fiscal, exigem pagamentos de falsos impostos para operações com Bitcoins e outras criptomoedas. Isso foi relatado no site oficial do departamento.

A comissária adjunta do DIA, Kat Anderson, afirma que a administração tomou conhecimento do novo método de fraude ainda no final de 2017. Na época, criptoinvestidores já haviam entregado pelo menos US$50 mil em Bitcoins aos scamers. As vítimas recebiam telefonemas, SMS ou e-mails sugerindo a transferência de fundos via ATM de Bitcoins a um endereço especificado.

Golpistas cobram falsos impostos de proprietários de Bitcoins na Austrália. BTCSoul.com

O DIA acredita que, no futuro próximo, os atacantes intensificarão suas atividades, sendo que a complexidade da situação é que isso não isenta os cidadãos de pagar impostos reais a transações criptomonetárias de acordo com a nova legislação sobre a lavagem de fundos.

“Para distinguir os funcionários reais do serviço fiscal de intrusos, os cidadãos são encorajados a chamar para esclarecer a identidade do inspetor através do número 1800 008 540 e nunca divulgar informações sobre o número de identificação do contribuinte a terceiros”, enfatiza o site oficial do serviço fiscal.

Lembramos que em 2017, a Comissão Australiana de Concorrência e Proteção ao Consumidor recebeu 1.289 queixas de fraude relacionadas a criptomoedas. O montante total das perdas excedeu bUS$ 1,2 milhão.