Governo belga lança site de informações sobre riscos de investimento em projetos criptomonetários

Bélgica: Um hacker desconhecido pirateou e abduziu dados pessoais de meio milhão de pacientes do site Digitale Wachtkamer, através do qual eles gravaram pedidos de ajuda para os terapeutas.

Publicado em 6 de junho de 2018 por

O Ministério da Economia da Bélgica (FPS), juntamente com o Departamento de Serviços Financeiros e Mercados, lançou um site com informações que alertam potenciais investidores sobre projetos fraudulentos no setor criptomonetário. Isto foi relatado pela CoinDesk.

O recurso denominado “Bom demais para ser verdade” está disponível em francês e flamengo, e lista os mais conhecidos esquemas fraudulentos.

“Tenha cuidado ao pagar online, bem como ao investir em apostas esportivas com a ajuda de criptomoedas e de plataformas de investimento”, diz o site.

O ministério também aconselha que os investidores verifiquem a confiabilidade das informações sobre os organizadores do projeto e não confiem em promessas de ganhos fáceis.

Além disso, um banco de dados de projetos fraudulentos foi criado no portal, através do qual os usuários podem “verificar” o projeto. Note que, no entanto, os desenvolvedores não excluem possíveis erros do sistema e alertam que algumas empresas podem alterar seus nomes com o objetivo de não aparecer nas listas de projetos fraudulentos.

De acordo com o FPS, os moradores da Bélgica perdem cerca de 130 milhões de euros por ano devido a fraudes na indústria criptomonetária, sendo que, no entanto, apenas 4% dos investidores enganados relatam esses casos.

Ainda no contexto de ICOs fraudulentas, em abril, o Wall Street Journal publicou um estudo segundo o qual 18% desses projetos já trouxeram mais de US$1 bilhão a seus criadores.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment