Gref: introdução de Blockchain nas indústrias começará em poucos anos

No dia 13 de julho, durante o Congresso Financeiro Internacional em São Petersburgo, Rússia, o presidente do conselho do Sberbank, German Gref, disse que os hackers e o Bitcoin são os principais medos dos banqueiros russos (talvez de todo o mundo), uma vez que o primeiro quer prejudicar a estabilidade do setor bancário, enquanto o último pode representar uma séria concorrência para as instituições. Isto foi relatado pela Rossiyskaya Gazeta.

Publicado em 20 de novembro de 2018 por

German Gref, presidente do Sberbank, afirmou que as empresas russas ainda não estão prontas para introduzir a Blockchain, mas que em um ou dois anos, elas podem começar a usá-la a nível industrial. Isso foi relatado pela TASS.

Em uma conversa com jornalistas, Gref notou que a excitação em torno da Blockchain havia diminuído, e que agora o desenvolvimento industrial dessa tecnologia está começando.

“Por enquanto, trata-se apenas de pesquisa e experimento. Ainda não temos soluções de Blockchain colocadas em operação comercial. Além disso, vejo que não estamos prontos para isso agora, há um grande número de problemas tecnológicos associados à imaturidade da tecnologia. É preciso de mais tempo para implementá-la completamente. O hype em torno da tecnologia passou, e agora entramos no estágio de desenvolvimento industrial. A tecnologia levará um ou dois anos para começar a ser usada em escala industrial”, disse o chefe do Sberbank.

Ele acrescentou que a Blockchain não é apropriada sempre e em qualquer lugar, já que “não há grandes casos de uso industrial da tecnologia”.

Em abril deste ano, Gref chamou a tecnologia de Blockchain de supervalorizada, e em outubro ele expressou crenças de que, nos próximos anos, criptomoedas não tem um grande futuro.

Lembramos que o Sberbank está trabalhando ativamente no desenvolvimento e implementação da Blockchain: em dezembro de 2017, o banco, em conjunto com o Serviço Federal Antimonopólio (FAS), lançou um projeto de interação digital com bancos e entidades empresariais.

Já em janeiro de 2018, a instituição abriu um laboratório de pesquisa de Blockchain e, em outubro, anunciou sua prontidão para conduzir ICOs para seus clientes.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment