Guerra civil do Bitcoin: entenda e escolha seu lado

Guerra civil seria o filme do Avenger? Não é a blockchain do Bitcoin que anda movimentando opiniões, e ideias controversas.

Publicado em 19 de dezembro de 2016 por

Antes de entender a guerra civil em si, é preciso entender o Bitcoin e sua blockchain.

Os blocos na blockchain do Bitcoin têm, atualmente, o tamanho de 1 MB cada, e estes têm um número limitado de transações. Devido ao grande aumento e aceitação do Bitcoin, este número já não é suficiente e a rede do Bitcoin não pode, por agora, escalar mais, ou seja, não pode executar muito mais transações de que já executa.

Publicidade

Publicidade

No momento não existe um consenso sobre que tamanho o bloco do Bitcoin deve ter, e com isso surgiram duas correntes, a Segregated Witness ou SegWit e a Unlimited; onde a primeira oferece um sistema de introdução suave com um soft fork e a segunda sugere uma intervenção mais drástica, com um hard fork.

SegWit

segwit

O nome lembra um daqueles programas para dar novas identidades à ex-membros da máfia que testemunham contra seus antigos chefes nos anos 80, mas na verdade é a melhor esperança do Bitcoin escalar em curto prazo.

Publicidade

Publicidade

Qualquer um que não esteja completamente farto dos combates e da política que cercam o debate do tamanho do bloco, pode estar interessado em ouvir sobre uma nova correção para ajustar a rede e mantê-la funcionando por um tempo mais longo, até que exista um consenso genuíno entre as partes interessadas (ocasião que também será conhecida como “quando o inferno congelar”). Seu nome: Testemunha Segregada, ou SegWit para os íntimos, esse sistema é apoiado pelo Bitcoin core.

Como funciona?

A versão para leigos é algo assim (é uma analogia imperfeita, mas você terá a ideia):

Você está de férias e quer enviar um postal para seu amigo. Há um espaço limitado para escrever na parte de trás, então para você liberar algum espaço, acaba escrevendo seu endereço sobre a foto na frente em vez disso. Alguns carteiros não saberão o que fazer com o cartão, uma vez que eles não estão acostumados a esta convenção, mas alguém vai perceber o que está acontecendo e vai entregá-lo muito bem. Assim você envia o dobro do texto pelo mesmo preço.

Em mais detalhes…

As transações de Bitcoin contêm três partes básicas. A primeira delas é de onde vêm as moedas (o remetente). A segunda é o lugar para onde as moedas estão indo (o destinatário). E finalmente, há a assinatura (ou testemunha), que prova que o remetente tem o direito de enviar as moedas para o controle de seu novo proprietário.

A assinatura pode ser bastante grande, especialmente se envolver vários endereços. No momento, está contido no campo “De” da transação. O Segwit leva um resumo dessas informações e coloca-o na parte coinbase, ou entrada, da transação. Isso libera uma quantidade significativa de espaço, talvez dobrando ou triplicando a capacidade da rede (dependendo do tipo de transações feitas).

O Segwit também tem a vantagem de poder ser lançado como um soft fork, porque nem todo mundo precisa atualizar ao mesmo tempo. Novas transações em SegWit parecerão estranhas para os que ainda estão executando a versão antiga, mas isso não vai causar qualquer dano. Essencialmente, os nós velhos teriam que ignorar estas transações, porque pareceriam não ter uma assinatura (porque está em um lugar inesperado).

Não é uma correção permanente, mas no curto e médio prazo, o SegWit parece uma maneira muito promissora para comprar algum tempo para a rede do Bitcoin chegar a um acordo.

O SegWit também abre caminho para a implantação do lightening, o que dará a blockchain do Bitcoin meios para novas e mais velozes transações.

Unlimited

Unlimited

O Bitcoin Unlimited, como o próprio nome sugere, postula a ausência de um limite de tamanho de bloco codificado. Ao invés disso, permite aos usuários definirem limites manualmente em seus próprios nós. A equipe do Bitcoin Unlimited espera que o consenso sobre um limite de tamanho surja naturalmente em um ponto, chamado de Schelling ou ponto focal, uma solução que as pessoas tendem a usar na ausência de comunicação, porque parece natural, especial ou relevante para eles. Além disso, o Bitcoin Unlimited pretende introduzir um nível de democracia no desenvolvimento e gestão da implementação, permitindo que a comunidade vote sobre as mudanças. Para introduzir o Unlimited seria necessário um hard fork.

A promessa em relação ao Unlimited parece boa, mas a questão aqui fica por conta da não conformidade do tamanho dos blocos, e o que pode acontecer com blocos que sejam realmente ilimitados, como se dará a troca de informação com um bloco desses?

Bitcoin Classic

bitcoin classic

O Bitcoin Classic procura mitigar o problema da quantidade de transações, que estão causando backlogs de transação e assim causando a aumento do valor das mesmas, crescendo o tamanho do bloco, o número de kilobytes em um bloco de transações, de 1MB para 2MB. Ao que tudo indica o tamanho de 2MB foi escolhido propositalmente com base em dados coletados por seus criadores, através de conversas com muitos mineiros Bitcoin e pools de mineração.

Seus desenvolvedores afirmam que o Bitcoin Classic é endossado pelo antigo líder do Bitcoin Core e desenvolvedor do Bitcoin XT, Gavin Andresen, bem como grandes pools de mineração, como AntPooland BW Pool e as carteiras/exchanges Coinbase e OKCoin.

Resumindo

Bom, a confusão é grande, mas uma coisa é certa; muitos aqui estão pensando só em seus lucros, e com isso esquecendo a prioridade, “o Bitcoin”. Se a comunidade não conseguir se entender e decidir qual caminho seguir teremos muitos problemas, e um deles poderá ser o surgimento de novas moedas.

Assim, a sugestão a ser dada aos desenvolvedores é de que esqueçam o preço do Bitcoin por agora, esse é o menor dos problemas! E foquem numa solução que consiga o milagre de agradar gregos e troianos, pois se essa blockchain rachar com essa velocidade absurda de hash… bem, nenhum de nós quer ver isso!

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment