Hackers roubaram mais de meio milhão de dólares no Japão

Como resultado do uso cada vez mais difundido das criptomoedas no Japão, desde o início de 2017, o número de crimes cibernético aumentou consideravelmente.

Publicado em 13 de setembro de 2017 por

Como resultado do uso cada vez mais difundido das criptomoedas no Japão, desde o início de 2017, o número de crimes cibernético aumentou consideravelmente. Isto foi relatado pela Nikkei Asian Review.

De acordo com a polícia local, a partir de janeiro a junho de 2017, os cidadãos apresentaram um número recorde de pedidos de investigação sobre esses ataques – 69.977. Mais de metade deles estão relacionadas à fraude na Internet.

Publicidade

Publicidade

Um total de 23 casos de desfalque de criptomoedas foram registrados em 13 províncias do Japão. Na totalidade, os cidadãos perderam cerca de 59,2 milhões de ienes (US$ 542 mil).

O número de hackers e ataques de vírus remotos aumentou uma vez e meia para 6848 casos.

Ao mesmo tempo, a porcentagem de resolução desses crimes diminuiu – em seis meses, a polícia fechou apenas 4.209 desses casos.

Publicidade

Publicidade

Funcionários do departamento de polícia do Japão alertaram os cidadãos sobre os riscos das criptomoedas e os perigos dos dispositivos de Internet, por causa das quais o número de casos de invasão remota está crescendo.

Em julho de 2017, os hackers quebraram a segurança de uma das maiores corretoras de criptomoedas em termos de transações no mundo, a sul-coreana Bithumb, foi roubada em dezenas de milhões de dólares.

Opinião

Não sei se sou só eu, mas toda vez que vejo as pessoas falarem ou sugerirem que o aumento da criminalidade é culpa das criptomoedas, me pergunto se antes delas não existiam crimes. O cara alerta para os perigos das criptomoedas, porem, 50% dos crimes são fraude de internet não especificados. E, esses crimes já ocorrem há um bom tempo, a diferença é que agora as maquinas estão muito mais rápidas e a internet propicia muito mais formas de aprender e executar um roubo na rede.

O interessante é a opinião das autoridades, falando como se não existisse o roubo em bancos, mesmo sabendo que a maior fonte de fraude no mundo são justamente essas instituições financeiras. Enfim… eles tem que proteger quem paga o salario deles.

Publicidade

Publicidade

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment