Huge Thing demonstra seu desejo por startups ucranianas

A Huge Thing, um acelerador de startup baseada em Varsóvia, Polônia, concentra-se atualmente em equipes da Europa Oriental e declarou seu desejo de adicionar alguns participantes da Ucrânia em seu portfolio.

Publicado em 11 de abril de 2017 por

A Huge Thing, um acelerador de startup baseada em Varsóvia, Polônia, concentra-se atualmente em equipes da Europa Oriental e declarou seu desejo de adicionar alguns participantes da Ucrânia em seu portfolio.

A Huge Thing concentra-se em startups inovadoras em áreas como blockchains, FinTechs, biometria, inteligência artificial, Internet das Coisas (IoT), segurança cibernética, pagamentos, autenticação e realidade aumentada.

A oferta

A empresa oferece o mesmo conjunto de serviços que a maioria dos aceleradores de startups, porém agora a Huge Thing também está pronta para oferecer um investimento inicial de investimento de € 45.000 sem participação no projeto. O programa é limitado e apenas dez equipes poderão ser incluídas nele.

“Nós ficaremos muito felizes em conseguir pelo menos uma ou duas equipes da Ucrânia”, disse Marcin Ian Feifer, co-fundador da Huge Thing.

Segundo ele a Huge Thing não tinha nenhuma startup ucraniana, uma vez que o acelerador era focado no mercado interno.

“Mas desta vez podemos oferecer dinheiro sem participação, por isso decidimos ir mais longe – para a Ucrânia, os Balcãs, a República Checa e Eslováquia. A HugeThing pode ser de interesse para as empresas iniciantes da Ucrânia, porque hoje a Polônia e Ucrânia estão muito conectadas. De Kiev para Varsóvia, o voo é de apenas uma hora e meia. Além disso, a Polônia pode se tornar um bom ponto de entrada para o mercado internacional”, Marcin explicou.

O dinheiro

O programa é financiado pelo Banco Alior e pela Agência Polaca para o Desenvolvimento Empresarial, por isso é óbvio que os graduados serão motivados a permanecer e desenvolver seus projetos de negócios no país.

Para receber o financiamento, a equipe precisará registrar uma empresa na Polônia. O programa inclui visitas a Berlim e Londres para reuniões com investidores. No acelerador, as equipes também terão a disposição tutoria e espaço físico de escritório.

Publicidade

As inscrições podem ser enviadas pelo site do acelerador ate o dia 17 de abril.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment