A Huobi, corretora de criptomoedas que por questões legais decidiu deixar a china há alguns meses, anunciou planos de abrir um escritório em Londres.

A filial norte-americana da corretora criptomonetária Huobi se registrou na Rede de Combate aos Crimes Financeiros dos EUA como “provedor de serviços financeiros”. Isso foi relatado pela CoinDesk.

Vale notar que a Huobi chinesa, uma vez a maior plataforma do mundo, anunciou ainda em fevereiro planos de abrir um escritório nos EUA.

Posteriormente, Leon Li, CEO e fundador do grupo Huobi Group, confirmou que a empresa pretende lançar uma plataforma criptomonetária destinada principalmente a investidores americanos e que opere separadamente da Huobi Pro.

Ao mesmo tempo, Li acrescentou que o registro no departamento financeiro dos EUA em si, não resolve todas as potenciais dificuldades com reguladores no país.

“O problema é que atualmente nos EUA não há normas regulatórias claras em nível federal para plataformas que operam exclusivamente com criptomoedas. Outras plataformas, incluindo a Poloniex, operam de maneira semelhante – tendo se registrado como empresas de serviços financeiros”, disse Li.

Lembramos que anteriormente, a SBI Holdings, uma unidade de serviços financeiros do grupo japonês SBI, se recusou a fazer parceria com a corretora Huobi, que almejava abrir duas novas plataformas de negociação no Japão: Huobi Japan e SBI Virtual Currency.