Investidores de Bitcoin poderão obter Green Card

O Serviço de Cidadania e Imigração dos EUA está discutindo a legitimidade de fornecer Green Card para empresários estrangeiros que pretendam investir em Bitcoin no país.

Publicado em 16 de maio de 2017 por

O Serviço de Cidadania e Imigração dos EUA está discutindo a legitimidade de fornecer Green Card para empresários estrangeiros que pretendam investir em Bitcoin no país. Isso foi relatado pela Forklog.

Assim, de acordo com os termos do programa de imigração de investimento dos EUA, os investidores estrangeiros podem obter um visto de investimento EB-5, que lhes dá direito a um Green Card e, em seguida, à cidadania dos Estados Unidos da América. Nos termos do programa, o montante mínimo de investimento na economia dos EUA deve ser de US$ 1 milhão e o montante deve ser investido de uma só vez.

Publicidade

Publicidade

De acordo com Laurie Mackenzie, chefe do Serviço de Imigração e Cidadania dos EUA, que emite vistos de investimento, os investidores têm o direito de receber o visto EB-5, investindo a moeda criptográfica Bitcoin.

“O Serviço de Cidadania e Imigração dos EUA não pode fornecer quaisquer garantias gerais, mas continuaremos a verificar as informações fornecidas pelos requerentes de vistos de investimento para o cumprimento dos requisitos regulamentares relevantes e também para verificar a evidência de que os fundos do requerente foram obtidos legalmente” – comentou Laurie McKenzie.

De acordo com especialistas do portal eb5investors, o Bitcoin pode ser usado como um capital inicial para a abertura dos negócios dos EUA. Ao mesmo tempo, o requerente de visto EB-5 deve ser capaz de confirmar a legalidade da origem da criptomoeda.

Publicidade

Publicidade

Girando o mundo

O governo de Antígua e Barbuda, um pequeno estado insular no Mar do Caribe está trabalhando afim de tornar o Bitcoin um método legal de liquidação e já instruiu o Ministro de Justiça do país a preparar leis relevantes.

No Japão, a lei que regulamentou o uso de Bitcoin entrou em vigor no dia 1º de abril, e o país tem tido uma grande explosão da moeda, com o governo dando isenção de impostos para as compras feitas em Bitcoin, o que demonstra que a Primeira moeda digital está indo de vento em polpa na Terra do Sol Nascente.

Já na Austrália, a partir de 1º de julho de 2017, as compras feitas em moeda digital deixarão de estar sujeitas ao GST (imposto local), permitindo que as moedas digitais sejam tratadas como o dinheiro para fins de taxação. Atualmente, os consumidores que usam moedas digitais podem efetivamente ter que pagar a GST duas vezes: uma vez na compra da moeda digital e mais uma vez em quando usá-la para a obter bens e serviços de outros, o quais são sujeitos ao GST.

Publicidade

Publicidade

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment