Investores da MtGox pretendem retirar corretora da falência

Um grupo de credores da já extinta corretora de Bitcoin MtGox arquivou uma nova petição judicial, que, se satisfeita, retirará Mark Karpeles da falência e lançará um processo de reabilitação civil.

Publicado em 13 de dezembro de 2017 por

Um grupo de credores da já extinta corretora de Bitcoin MtGox arquivou uma nova petição judicial, que, se satisfeita, retirará Mark Karpeles da falência e lançará um processo de reabilitação civil. O Financial Times escreveu sobre isso.

A petição foi arquivada na esperança de impedir que o ex-CEO da MtGox, Mark Carpeles, obtenha vários bilhões de dólares em potencial que podem permanecer à disposição da empresa após a devolução dos fundos aos investidores.

Publicidade

Publicidade

A legislação japonesa atual sugere que, caso a MtGox retenha seu atual status de falência, a corretora devolva o dinheiro dos usuários em dólares nos valores que tinham em 2014. No entanto, devido ao grande aumento do preço do Bitcoin – que cresceu dezenas de vezes desde então –, Carpeles e a MtGox, mesmo tendo devolvido todos os fundos aos investidores, podem receber um bônus bastante significativo.

De acordo com o Financial Times, mais de 173 mil dos 202.195 BTC que a corretora de valores possuía no momento da falência podem ser deixados para Carpeles. Na taxa atual do Bitcoin, isso é algo em torno de US$3bilhões.

Como observa o jornal, agora tudo será reduzido à “batalha de especialistas”: representantes do gerente de falências que acreditam que o atual plano de liquidação será mais confiável e representantes dos investidores que insistem que sua oferta não será apenas mais rápida, mas também mais justa, porque lhes permitirá retornar não o equivalente em dólares de depósitos, mas valores reais em Bitcoins.

Publicidade

Publicidade

O próprio Mark Carpiles disse anteriormente que não acredita que ele economizar pelo menos parte desses ativos.

Ele também deixou claro que pretende reviver a MtGox – segundo ele, é necessária uma soma de US$245 milhões. Entre as formas possíveis de arrecadar fundos, o fundador da corretora de valores recorre à recapitalizarão, emissão de ações e manutenção da Oferta Inicial de Moedas (ICO).

 

Chrys

Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment