John McAfee deseja processar HitBTC

Como você sabe, recentemente o criador do antivírus McAfee Security, John McAfee, foi levado pelas criptomoedas. No verão passado, ele fez uma declaração anunciando que estava pronto para comer seu próprio pênis, se em três anos o preço da Primeira Moeda não chegasse a US$500 mil. McAfee decidiu não parar por aí e aumentou os riscos.

Publicado em 13 de julho de 2018 por

O fundador da MGT Capital Investments e criador do antivírus McAfee Security, John McAfee, contou sobre a iminente “queixa legal” à corretora HitBTC.

Em junho, McAfee lançou uma campanha contra a HitBTC, acusando a plataforma de estabelecer altas comissões pela retirada da criptomoeda Docademic (MTC) – projeto que oferece atendimento médico gratuito aos usuários. McAfee, nesse contexto, acusou a corretora de não fazer nada para fornecer aos usuários acesso “ao único atendimento médico gratuito no mundo”.

Vale notar que, contrariamente à indignação e alegações de John McAfee de que não recebeu uma resposta às suas solicitações, a administração da HitBTC, de fato, deu uma resposta, afirmando que a alta comissão pela retirada desta criptomoeda foi explicada pela comissão da rede Ethereum.

De acordo com representantes da HitBTC, a corretora, ao contrário do que pensa McAfee, está tentando facilitar a vida dos usuários e paga taxas de comissão por conta própria, em vez de receber comissões das contas ETH dos traders. No entanto, isso leva a altas comissões pela retirada do Docademic.

Representantes da corretora também pediram a John McAfee que oferecesse sua solução para o problema – uma opção oferecida pela HitBTC é o monitoramento constante do preço dos tokens, para que desta forma, os usuários não paguem mais que o necessário.

No entanto, o especialista em segurança cibernética não ficou satisfeito com essa explicação: ele prometeu doar US$20 milhões para advogados por uma ação contra a HitBTC. Segundo McAfee, isso destruirá todo o negócio da plataforma de negociação.

Ainda em menção à HitBTC, vale ressaltar que em maio, a startup Karma Group acusou a HitBTC de fraude e entrou com processo contra a corretora. É possível ler mais sobre isso aqui.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment